Total de eleitores que se inscreveram em 2020 para mesário voluntário triplica em relação a 2016



Levantamento feito pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) junto aos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) do país mostra um aumento de 220,24% no número de mesários que se inscreveram voluntariamente ao longo deste ano para trabalhar nas Eleições Municipais de 2020, quando comparado com os que se cadastraram em 2016 para atuar no pleito daquele ano. Isso significa que o total de voluntários que se inscreveram este ano triplicou em relação ao número dos que se cadastraram no ano do último pleito municipal.

Ao todo, para as Eleições 2020, o TSE computou 1.000.069 mesários voluntários, tendo 670.958 pessoas se cadastrado apenas este ano. O restante faz parte de um banco de dados de voluntários inscritos em outros anos. Em 2016, dos 771.965 pessoas que trabalharam voluntariamente, 209.517 se inscreveram no mesmo ano do pleito. Os demais também faziam parte do banco de dados do TSE.

Somando a quantidade de voluntários inscritos no ano da eleição e os que faziam parte do banco de dados, o total de mesários voluntários este ano é 29,55% maior do que os que trabalharam voluntariamente em 2016.

Chamamento

O número de inscritos este ano é comemorado pelo TSE por conta do momento atual: as Eleições Municipais de 2020 serão realizadas em meio à pandemia de Covid-19. Em um ano em que se esperava que as pessoas tivessem medo de colaborar, os dados mostram o oposto.

Na avaliação do TSE, o chamamento feito pelo médico Drauzio Varella, em conjunto com outras medidas sanitárias divulgadas, contribuíram para a elevação dos números.

Em 25 das 27 unidades da Federação, houve incremento de voluntários inscritos no ano da eleição. O Tribunal Regional de Alagoas não enviou as informações, e o Distrito Federal foi excluído porque não realiza eleições municipais.

Os principais destaques foram São Paulo, Paraná e Minas Gerais, que tiveram o maior aumento no número de inscrições de voluntários em números absolutos, além de terem tido percentuais excepcionais de incremento.

Fonte: www.tse.jus.br