Eleições 2020 - Entrevista com o candidato Dr. Mauro Zorzi




Descreva seu perfil 

Sou Dr. Mauro Zorzi, nasci em Santa Rita do Passa Quatro, sou médico que atende a população há 45 anos. Estou na vida pública há várias décadas. Sou uma pessoa que jamais se esquece de minha condição de ser humano. Para mim ser humano significa ser fraterno, respeitoso e leal com meus semelhantes. Significa ser humilde e amar o próximo. 

Sou um ser humano que abomina qualquer tipo de discriminação e que cultiva amigos independentemente de raça, posição social. Eu gosto de gente. Tenho prazer de conviver diariamente com um grande número de pessoas. Como médico luto para salvar vidas e como homem público sempre busquei melhorar a vida da população. Este é o meu perfil.

Se for eleito, quais são suas prioridades para a nossa cidade?

Minhas prioridades se resumem a planos e políticas públicas para os setores essenciais à melhoria da qualidade de vida do povo, particularmente dos mais necessitados. Por isso as áreas da Saúde, Educação, Lazer e, principalmente, Geração de Emprego e Renda merecerão atenção especial. 

Vamos, por exemplo, colocar toda a infraestrutura (luz, água, iluminação e pavimentação de ruas) na área de 12 alqueires na margem da Via Anhanguera que adquiri no meu último mandato de prefeito. Isso não é promessa. É prioridade absoluta do futuro Governo Dr. Mauro/André.

Qual é o seu diferencial perante os outros candidatos?

Considero que meu diferencial está alicerçado basicamente em três aspectos. Primeiro na minha grande experiência na vida pública. Segundo no extraordinário respaldo político que possuo em Brasília e em São Paulo. Nunca tive um respaldo político tão grande nos Governos Federal e Estadual como este que tenho hoje. 

Tenho ao meu lado, me apoiando, parlamentares como os deputados Baleia Rossi, que é, sem dúvida, o que mais ajuda Santa Rita, Roquinho Barbieri, Leo Oliveira, Jorge Caruso, além do presidente da Fiesp e do Sesi Paulo Skaf. E o terceiro aspecto é meu vice André Thomazi, um grande gestor e que vai me ajudar muito na Prefeitura.

Qual é a tua avaliação sobre o atual momento político no Brasil e também aqui em Santa Rita?

No âmbito nacional vivemos uma crise econômica, agravada pela pandemia, e tam- bém política, alimentada pela radicalização ideológica. A crise econômica só será debelada com a aprovação de reformas para dar sustentabilidade à retomada do crescimento. 

No âmbito local, aqui em Santa Rita, creio que há um vazio político, pois não surgiram muitas lideranças nos últimos anos. Temos bons nomes para preencher este vazio no futuro próximo, mas é preciso incentivar a participação dos jovens na vida pública.

Em que pontos acredita que nossa cidade precisa melhorar?

Nunca gostei de ficar criticando quem está no comando de nossa Prefeitura. Mas também jamais me dei o direito de me omitir quando as coisas não vão bem no setor público municipal. Precisamos melhorar muito as áreas que sempre foram bem no passado e que hoje estão carentes. A realização de grandes eventos, por exemplo, foi literalmente esquecida. 

Eu e o André vamos trazer a FAPIS de volta já no primeiro ano do nosso Governo. Como podemos querer ser uma cidade turística se não temos eventos para atrair os turistas. Outras áreas também estão esquecidas, mas não quero me alongar. Só posso garantir que eu e o André temos projetos para fazer Santa Rita voltar aos bons tempos.

Você fez alguma promessa em seu Plano de Governo? Se fez, fale como irá concretizá-la?

Eu e o André não fizemos nenhuma promessa. Apresentamos nosso Plano de Governo com as prioridades de nossa cidade. Para tornarmos estas prioridades em realidade, precisaremos de recursos, sejam eles do nosso próprio orçamento local, sejam eles dos Governos Federal ou Estadual. Já disse que temos um grande respaldo político em Brasília e São Paulo, fato que vai nos ajudar muito na luta para trazermos dinheiro de fora para realizar obras e projetos em favor do nosso povo.

Como você quer ser lembrado após seu mandato?

Quero ser lembrado como alguém que sempre deu o máximo de si para ajudar nossa terra e o nosso povo. E, sem falsa modéstia, por tudo que já fiz e o que posso e vou fazer nos próximos quatro anos, acho que posso sonhar em ser lembrado como o melhor prefeito da história de Santa Rita. Acalento este sonho sem ignorar outros grandes ex-prefeitos, como Nelson Scorsolini, que também podem ter este mesmo reconhecimento.

Suas considerações finais

Em primeiro lugar quero agradecer esta oportunidade que “O Santarritense” me oferece para eu compartilhar minhas ideias e opiniões com a nossa população. Em segundo lugar aproveito estas considerações finais para mais uma vez pedir um voto de confiança do nosso eleitor, pois ainda tenho muito a dar na defesa das lutas e dos ideais de nossa gente.