Delegado Responde: Operação com prisões e apreensões e




JORNAL O SANTARRITENSE - Dr. Domingos, soubemos que a Polícia Civil efetuou operação em âmbito estadual e que em nossa cidade, ocorreram prisões, apreensões de drogas e de armas. E, infelizmente, também recebemos uma notícia sobre a morte de uma criança, cujos fatos estão sendo apurados pela Delegacia de Polícia. O que o senhor poderia falar sobre tais fatos?

DR. DOMINGOS ANTONIO DE MATTOS - Em todo o Estado, uma operação foi deflagrada visando apreensão de drogas, armas e o cumprimento de mandados de busca e apreensão e mandados de prisão. Nossa cidade, através desta Delegacia, também participou desta operação e conseguimos alcançar os objetos alçados para esta tarefa.

J.O.S. – Quais os resultados obtidos?

DR. DOMINGOS - Em relação a mandados de busca e apreensão, considerando um alvo que tínhamos, graças a levantamento pelo setor de investigações local, obtivemos a devida ordem judicial e efetuamos o cumprimento do mandado de busca e apreensão, onde uma pequena porção de droga foi apreendida, sendo o possuidor da substância conduzido até esta Delegacia, onde irá responder pelo crime de porte de drogas.

J.O.S. – Quanto aos mandados de prisão, o que o senhor poderia nos informar?

DR. DOMINGOS - A Polícia Civil desta cidade, efetuou o cumprimento de cinco mandados de prisão, sendo dois por crime de furto e três por débitos alimentares. Os capturados alusivos aos mandados de prisão criminal, foram encaminhados ao Centro de Triagem de São Carlos. Quanto aos mandados de prisão civil (alimentos), os três procurados foram conduzidos até esta Delegacia, onde foram advertidos de que deverão cumprir a pena em regime domiciliar, por conta da pandemia do novo coronavírus.

J.O.S. – Dr. Domingos, soubemos ainda que, no âmbito da operação, ocorreram apreensões de drogas e de armas. Poderia nos falar sobre o assunto?

DR. DOMINGOS - Recebida uma denúncia anônima de que, em meio a uma mata, próximo a uma trilha existente nas proximidades do CAIC, haveriam armas e drogas enterradas. Diante dos fatos, juntamente com uma equipe de policiais desta Delegacia, iniciamos as buscas no local indicado, sendo que obtivemos êxito em encontrar 85,0 gramas de maconha, 40,0 gramas de cocaína e 12,0 gramas de crack, além de três armas de fogo e inúmeras munições de diver- sos calibres. Todo o material foi apreendido e encaminhado ao IC para realização de perícia, sendo que determinei a instauração de Inquérito Policial para a apuração dos fatos.

J.O.S. – E com relação ao caso da criança que deu entrada em óbito na Santa Casa desta cidade, o que o senhor poderia nos informar?

DR. DOMINGOS - O fato ocorreu no último dia 05/11. Neste dia, Policiais Militares compareceram nesta Delegacia, informando que estiveram na Santa Casa desta cidade para o atendimento de uma ocorrência, informando que um bebê, de apenas sete meses de idade, teria vindo a óbito por ter se engasgado com leite materno. 

Informaram os Policiais Militares que, no atendimento a esta ocorrência, receberam uma informação de que haveriam suspeitas que a criança poderia ter sido vítima de agressões físicas, sendo que alguns hematomas, na cabeça da criança, teriam sido observados pela médica plantonista. Desta forma, os pais da criança foram conduzidos até esta Delegacia de Polícia para maiores esclarecimentos, sendo que determinei que o corpo da criança fosse imediatamente encaminhado ao IML para o devido exame. 

Após o exame médico pericial, obtivemos a informação da médica legista que, em um primeiro momento, não foi possível determinar a causa mortis, pois não haviam sinais de asfixia e nem de fratura no crânio. Fomos informados também por citada profissional que foram vistas apenas pequenas equimoses na cabeça o que, a olho nu, não foi possível constatar traumatismo craniano. 

Para melhor verificação, houve coleta de uma pequena parte do cérebro e do pulmão para a realização de exame anatomopatológico. Já determinei a instauração de Inquérito Policial e estamos no aguardo da chegada dos laudos.