Santa Casa de Santa Rita estabelece protocolo para parto humanizado



A Santa Casa de Santa Rita do Passa Quatro estará proporcionando para as futuras mamães um ambiente especializado com condutas humanizadas que estimulam o parto normal como processo natural, indicadas às mulheres em trabalho de parto, ajudando no bem-estar e segurança da mulher, com todas as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Com investimento em equipamentos necessários para uma assistência eficiente e segura, médicos preparados e com evidências científicas, visando também a redução da taxa de mortalidade infantil e materna, com ações preconizadas pelo Ministério da Saúde.

Segundo a obstetra Dra. Mariana Quintans Guerra: “ A humanização do parto promove situações que reduzem riscos para a gestante e para o bebê, respeitando sempre as escolhas e individualidade de cada parturiente, com direito de acompanhante, escolha da posição em que se sente mais confortável, com benefícios para a imunidade e sistema respiratório da criança, ficando próximo à mãe e estabelecendo um vínculo entre os dois”, disse a médica.

Qualquer parto, normal ou cesárea, pode ser humanizado, com cuidado e a atenção voltados exclusivamente ao desejo da gestante e o momento do recém-nascido, evitando intervenções desnecessárias e oferecendo suporte para a assistência, desde métodos não farmacológicos, como informações dos procedimentos que serão adotados, garantindo condutas que impliquem menor risco e maior benefício.

“Hoje podemos dizer que a Santa Casa conta com profissionais com capacidade técnica e experiência na assistência, oferecendo humanização do atendimento por meio de técnicas que dispensam o uso de drogas para o alívio da dor”, disse o provedor Bruno Domingos Dinardi.

A Santa Casa nos últimos anos passou por inúmeras melhorias em sua infraestrutura e protocolos de atendimento, com profissionais capacitados para atender os usuários usando as boas práticas da humanização, e uma gestão eficiente que vem elaborando propostas para promover tanto ações humanizadas, que melhorem o cuidado em saúde, quanto às inter-relações das equipes.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Santa Casa