Delegado Responde: Tentativa de homicídio e estrangeiro desaparecido




JORNAL O SANTARRITENSE - Dr. Domingos, em nossa redação chegaram notícias do registro de uma tentativa de homicídio, bem como de que a Polícia Civil foi acionada por conta de um estrangeiro, o qual estava desaparecido, que fora encontrado em nossa cidade. O senhor poderia falar sobre tais fatos?

DR. DOMINGOS ANTONO DE MATTOS - Com relação à tentativa de homicídio, os fatos se deram na noite do dia 17/10/2020, no Jardim Coronel Victor Meirelles, um rapaz chegava em sua casa, com sua companheira e, quando estava na garagem de sua morada, viu a aproximação de um indivíduo o qual, na posse de uma arma de fogo, efetuou cinco disparos contra sua pessoa, sendo que um deles atingiu uma de suas pernas. A vítima foi socorrida à Santa Casa desta cidade, porém não corria risco de morte.

J.O.S. - E quais as providências que foram adotadas?

DR. DOMINGOS - As investigações já se iniciaram, com a tentativa da identificação e responsabilização criminal do autor dos fatos, sendo instaurado Inquérito Policial.

J.O.S. - E quanto ao estrangeiro que foi encontrado em nossa cidade? O que o senhor poderia nos relatar?

DR. DOMINGOS - Na tarde do dia 22/10/2020, Policiais Civis desta Delegacia foram acionados por uma assistente social de nossa cidade, a qual informou que, naquela repartição, estaria um indivíduo, narrando ser estrangeiro e que estaria precisando de apoio. Em seguida, uma equipe do DEIC da cidade de São Paulo/SP, contatou a equipe designada para a verificação destes fatos, onde tomaram conhecimento de que referida pessoa que se encontrava no prédio da assistência social de Santa Rita, figurava como pessoa desaparecida, havendo o competente registro de boletim de ocorrência sobre os fatos, sendo que referida pessoa era natural do Paraguai. 

No local, após a coleta de todas as informações, o estrangeiro foi encaminhado à Santa Casa desta cidade, tendo em vista que estava com muitas bolhas nos pés, em razão de longa caminhada efetuada, sendo que nesta Delegacia de Polícia compareceu um tio deste rapaz, o qual o reconheceu e foi o responsável pelo retorno deste a sua residência.