Com quase 70 anos de profissão, Paschoal Bello é um dos dentistas mais antigos da cidade




Formado na década de 50, pela Faculdade de Odontologia e Farmácia da USP de Ribeirão Preto, o ilustre morador de nossa cidade, o senhor Paschoal Bello, de 91 anos, é um dos profissionais mais antigos na área da odontologia. “Sempre fui preocupado com a estética”, explicou, afirmando que não há nada mais gratificante do que ver o sorriso no rosto das pessoas e que, por isso, resolveu serdentista.

Nascido e criado na fazenda Califórnia, Paschoal divide a paixão pela odontologia com a pintura. Entre uma consulta e outra, corre para seu ateliê, localizado no interior de seu consultório, no centro da cidade. O local, também se tornou um acervo, onde expõe algumas de suas obras. O artista conta que gosta de pintar coisas que relembrem a sua infância, como a casa em que morou com sua família e também se arrisca em algo mais abstrato, como uma pintura sobre a origem da vida.

Dessa forma, o dentista combina as duas profissões utilizando seus quadros de forma didática, como uma sequência de pinturas do perfil de uma pessoa, antes e depois de usar aparelho, para “mostrar a importância de consertar os dentes”. Para Paschoal, quando assumimos uma profissão, devemos nos “dedicar profundamente e com responsabilidade” dentro de todos os parâmetros exigidos.

Sobre parar de trabalhar ele brinca: “não pretendo fazer isso tão cedo”. Isso porque gosta do contato com o público, de deixar as pessoas mais felizes ao saírem de seu consultório, além disso, torna-se conselheiro de alguns pacientes e faz novos amigos. E Paschoal completa que, com isso, quer deixar um legado de muito trabalho e competência a seus filhos Toninho, Paschoal Alexandre e Priscila.

Por Bruna Carnielli