Lobo-guará é fotografado em nossa cidade



O jovem Bruno Girotto trafegava nas imediações da Fazenda Bela Paisagem quando em determinado momento deparou no meio da referida fazenda com um lobo-guará. Ele não se aproximou para não espantar o animal, mas conseguiu, de longe, fotografá-lo.

“Ele era bem grande e a princípio não o identifiquei, mas depois vi que era um lobo-guará e o fotografei de longe. Ele estava me olhando, então para não o espantar não me aproximei”, declara Bruno.

O animal é típico das regiões do cerrado e é considerado o maior canídeo da América Latina. Ele pode chegar a 1 metro e pesar 40 quilos. O lobo-guará se alimenta tanto de plantas como de animais pequenos, como roedores, tatus, aves e lagartos. Além do Brasil pode ser encontrado na Argentina, Bolívia, Paraguai, Peru e Uruguai.

Moradores das imediações da Fazenda Bela Paisagem disseram que já tinham visto nos últimos dias o lobo-guará por perto. Ele pode ser um dos sobreviventes das queimadas que atingiram nossa cidade nos últimos dias.

O lobo-guará está ameaçado de extinção devido à destruição do seu habitat, o cerrado, por conta da ampliação da área agrícola. Lembramos que ele foi homenageado pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) e é o personagem que ilustra a nova nota de R$ 200, que passou a circular no país.