Estudo da USP que aponta reinfecção por coronavírus em SP é publicado em revista científica



O estudo da USP que apontou evidências de reinfecção pelo novo coronavírus em uma técnica de enfermagem de Ribeirão Preto (SP) foi publicado na Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical. De acordo com o infectologista Fernando Bellissimo, que coordena a pesquisa, a publicação amplia a discussão da comunidade científica sobre a possibilidade de reinfecções.

“O caso foi validado por uma revista científica que é uma das nacionais de maior prestígio internacional. Isso confirma que a nossa hipótese não era um delírio”, diz.

O caso citado é de Gabriela Carla da Silva, de 24 anos, que testou positivo para o coronavírus pela primeira vez em maio. Cinquenta dias depois, com o ressurgimento dos sintomas, a jovem repetiu o teste e recebeu o segundo diagnóstico.

Após a publicação, na última segunda-feira (14), os sete pesquisadores que fazem parte do grupo vão continuar a estudar o sistema imunológico da técnica de enfermagem e comparar o caso dela com o de outros 12 pacientes com as mesmas características. Eles são acompanhados pelo Hospital das Clínicas (HC) de Ribeirão Preto.