Reunião familiar causou 41 contaminações por novo coronavírus


Depois de vários meses de pandemia de Covid-19 já descobrimos que um dos fatores que mais disseminam o vírus é a concentração de pessoas.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) atualizou suas recomendações no final de maio em relação a eventos com multidões, sugerindo que, por exemplo, eles sejam realizados ao ar livre, com distanciamento social e com escalonamento nos horários de chegada e saída das pessoas.

Vários países que seguem as recomendações da OMS, no entanto, mantêm restrições ainda mais rigorosas sobre reuniões de pessoas.

Um caso analisado

O caso foi analisado pelo Departamento de Saúde do Condado de Catawba, na Carolina do Norte, no começo de julho. Dezenas de pessoas participaram de uma reunião familiar.

Fontes da autoridade de saúde local disseram que não divulgaram detalhes específicos sobre esse caso para “preservar a privacidade dos indivíduos”.

As pessoas no encontro não usaram máscara e nem respeitaram o distanciamento social. O resultado do encontro familiar foi que 14 pessoas testaram positivo para Covid-19.

No entanto, antes de saberem que estavam contaminados e sem mostrar sintomas da doença, as pessoas continuaram com sua vida cotidiana normal, por exemplo, indo trabalhar ou passeando na praia com outras famílias.

Isso provocou uma cadeia de contágio que terminou com a contaminação por Covid-19 de 41 indivíduos de nove famílias diferentes e em oito locais de trabalho distintos, detalham as autoridades do Condado de Catawba.

Fonte: odocumento.com.br