Coronavírus: 14 pessoas da mesma família contaminadas e duas mortes, após almoços de domingo


Quatorze pessoas de uma mesma família testaram positivo para a Covid-19 em Guaranésia (MG). O município é um dos que mais registraram novos casos da doença nos últimos dias no Sul de Minas. Segundo a prefeitura, após uma segunda morte pela doença registrada na família, 12 pessoas testaram positivo e desde então todos os dias aparece um novo membro contaminado.

Conforme a prefeitura, os familiares informavam que eles se encontravam em almoços de domingo e que esse pode ter sido o fator fundamental para a contaminação em massa.

No entanto, este não é o único caso de contaminação de pessoas da mesma família no município. Segundo a prefeitura, há outros em que há contaminação de pelo menos duas pessoas do mesmo ambiente familiar.

"Os casos familiares estão crescendo vertiginosamente. Somente em um núcleo familiar temos 14 contaminados, mais de 10% do número de casos total. Temos acompanhado as redes sociais e vimos inúmeros registros de comemorações domiciliares. Em rápida passagem pelas ruas, percebemos vários eventos.

Temos casos recentes de pacientes contaminados que relataram participação em festas e churrascos. Não é o momento de festas, comemorações e encontros. Atestado médico para isolamento domiciliar não é permissão para ir a qualquer lugar. Precisamos da união de todos para que o vírus seja contido", disse a chefe de gabinete da prefeitura, Ana Cristina dos Santos.

"O vírus só circula se você circular. É responsabilidade de todos que esse momento passe logo. Não é só sobre mim, não é só sobre você. É sobre quem não pode ser contaminado porque tem poucas chances de sobreviver. Fique em casa, na sua casa!", pediu Ana Cristina.

Na noite de segunda-feira (13), a Prefeitura de Guaranésia confirmou a 5a morte por Covid-19 na cidade. Até o último boletim da prefeitura, a cidade tinha 128 casos positivos.

Segundo levantamento do G1 com números do balanço oficial da Secretaria de Estado de Saúde, Guaranésia contabilizou 95 casos, quase 80% de todos já registrados, somente nas duas últimas semanas.

Por causa do número de casos, a cidade e municípios da região estão mantendo apenas os serviços essenciais abertos até o dia 20 de julho.

Fonte: EPTV