Revitalização do prédio da antiga Delegacia será entregue nesta semana


Santa Rita do Passa Quatro está prestes a concluir um dos maiores investimentos no resgate de sua história, com a revitalização de um dos seus mais antigos prédios e a transformação de uma triste cadeia pública, em um alegre centro cultural.

Após um investimento de cerca de R$ 800 mil, através de convênio com o Governo Federal, o prédio com quase 130 anos, bem no centro da cidade, foi totalmente revitalizado para abrigar o Centro Cultural e Museu José Spadon.

O local chama a atenção pela sua beleza e grandeza, mas também preocupava pelo seu estado de abandono, que durou cerca de 20 anos. A antiga delegacia de polícia e cadeia pública, ao lado da Praça Zequinha de Abreu e próxima ao Santuário de Santa Rita de Cássia, se torna mais um atrativo na bela Estância Climática.

A entrega à população deve acontecer na próxima semana, em cerimônia restrita, respeitando os protocolos de segurança, em função da pandemia de Covid-19, provocada pelo novo coronavírus.

Muito aguardada pela população local, a obra seguiu projeto elaborado pelo Departamento Municipal de Obras e Infraestrutura, com apoio do Departamento de Cultura e Turismo. Os recursos, destinados através da Caixa Econômica Federal, em convênio com o Ministério do Turismo, foram conquistados pelo prefeito, Leandro Luciano dos Santos, com apoio do deputado federal Carlos Sampaio (PSDB).

O local tem 675 metros quadrados e recebe, além de um novo museu, biblioteca e um espaço para realização de eventos educacionais e culturais. As obras foram realizadas pela Construmeta Construção Civil, vencedora do processo licitatório.

Em estado de abandono desde sua desativação, o prédio se tornou um transtorno para a vizinhança. Após um intenso trabalho do governo municipal, finalmente o local pôde receber uma destinação, isso porque a Fazenda Pública do Estado concedeu à Prefeitura a permissão de uso do imóvel por tempo indeterminado. Autorização assinada pelo então governador Geraldo Alckmin, por meio do Decreto 60.626, de 3 de julho de 2014.

Além de museu e centro cultural, o local também irá abrigar um café e um espaço receptivo turístico.

HISTÓRIA

Com as obras iniciada em outubro de 1885, quando Santa Rita ainda era uma vila, o prédio da inaugurado em 6 de março de 1891. A princípio, o local abrigou a Câmara Municipal (então chamada de Intendência), a Cadeia Pública e o Fórum, a partir de 1892, quando foi criada a Comarca. A Cadeia Pública permaneceu desde a sua inauguração em 6 de março de 1891, até a década de 1980. As atividades do prédio foram totalmente encerradas, início dos anos 2000, quando a sede da Polícia Civil, foi transferida para o local atual, na Av. Pe. Pio Corso.