Educação faz distribuição de merenda para estudantes carentes de Santa Rita


O Departamento Municipal de Educação, através da Central de Alimentos (Cozinha Piloto) iniciou esta semana a distribuição de refeições para alunos carentes da Rede Municipal de Ensino em Santa Rita do Passa Quatro. A distribuição começou nesta quarta-feira (22/4), logo após o feriado, nas próprias escolas, sempre com atenção para evitar aglomeração.

A medida foi tomada em função da suspensão das aulas na rede municipal, seguindo determinação da Secretaria de Estado da Educação, como forma de evitar a proliferação do novo coronavírus, causador da doença Covid-19, no momento em que foi decretada pandemia.

Desde que ocorreu a suspensão das aulas, a Prefeitura tem entregue aos alunos um kit lanche, entretanto, como a refeição escolar é considerada fundamental para o desenvolvimento das crianças, a distribuição foi ampliada, incluindo também pratos completos.

Assim como no período escolar, refeições são preparadas diariamente pela Cozinha Piloto e distribuídas pelos funcionários das próprias escolas. A entrega é realizada para alunos que foram cadastrados cujas famílias demonstraram interesse em receber inicialmente o kit lanche e agora as refeições completas.

Devidamente preparadas com orientação nutricional, as refeições são entregues em embalagens apropriadas (isopor). De acordo com o departamento de Educação, foram entregues 378 refeições nesta quinta-feira (23/4), mas este número ainda deve aumentar pois mais famílias podem se cadastrar nos próximos dias.

A decisão de realizar a distribuição das refeições foi tomada em reunião entre o diretor Administrativo responsável pela Cozinha Piloto, Luiz Ap. Correia, a nutricionista responsável Sílvia Regina Lorencetti, e auxiliar técnica da Central de Alimentos Lívia Maria Rubinatto, juntamente com a diretora do Departa- mento Municipal de Educação, Roberta Borges Chefer, e a supervisora do Ensino Fundamental Mirtes Alessandra Miskulin Bernardo, Cozinha Piloto.

A distribuição acontece para alunos do Ensino Infantil e Fundamental e deverá continuar no período em que vigorar a suspensão das atividades escolares em função da pandemia.