Asilo no enfrentamento ao Coronavírus


Desde o início da crise do coronavírus, os dirigentes do Lar São Vicente de Paulo vêm tomando medidas para prevenção da saúde dos idosos e colaboradores.

Com a equipe gestora e funcionários, na quarta-feira realizou-se uma importante reunião para avaliação das medidas já adotadas e planejamento dos novos protocolos de enfrentamento e prevenção.

Na questão de higienização, o Asilo adquiriu uma máquina de nebulização, para desinfecção das áreas de contato com quaternário de amônia e solução clorada, medida importante uma vez que muitos dos moradores não possuem a compreensão de não levar as mãos ao rosto, nesse sentido também, foi reforçada a equipe de limpeza com mais uma colaboradora.

Outra medita também adotada pelo Lar São Vicente, foi a suspensão de todas as visitas, bem como as entregas de mercadorias e demais itens que agora são realizados no portão, não havendo a entrada dos entregadores nas dependências do asilo.


Com relação aos funcionários, todos estão fazendo a troca de roupa no vestiário antes de iniciarem suas atividades, bem como a troca de seus sapatos. A jornada de trabalho de alguns setores foi alterada para 12/36 a fim de diminuir o fluxo de entrada e saída no Lar.

Com relação aos idosos assistidos, houve a orientação referente a pandemia do vírus COVID-19 e aos cuidados que os mesmos devem ter nesse momento. Todos os moradores estão sendo submetidos a medição da temperatura diária e inclusão dos dados em planilha para identificação de possível curva de elevação.

Como medida de contingenciamento, ficou disponibilizado 01 quarto de isolamento de moradores com sintomas gripais.

“Nesse enfrentamento, alteramos protocolos, mudamos jornadas, suspendemos visitas, tudo buscando sobretudo a proteção dos nossos idosos. Vamos juntos nessa batalha, vamos vencer!”, declara o Presidente da instituição, o Sr. Ayrton Borrin.