UTIs de Madri estão saturados, e respiradores usados em porcos estão sendo reutilizados


As UTIs de Madri já estão saturadas, pela crise de coronavírus na cidade, e em toda a Espanha. O presidente do Colégio de Médicos de Madri em Onda Cero confirmou a informação, compartilhada pelo veículo local La Sexta.

De acordo com Miguel Ángel Sánchez Chillón chegou ao ponto de que "respiradores utilizados em porcos estão sendo reutilizados em pacientes nas unidades de ressuscitação". Ele explica que estes respiradores são os mesmos usados em humanos, sendo então removidos de seus locais de origem e utilizados nas emergências.

Os dados do Colégio de Médicos de Madri indicam que as UTIs da cidade já estão com aproximadamente 150% de sua capacidade cheia. "Passamos a nos orgulhar de existir condições de trabalho nos países em desenvolvimento", disse Sánchez Chillón.

"Passamos de nos gabar de ter um país que é uma das principais potências, a ter condições de trabalho em países em desenvolvimento", destacou Chillón em entrevista na rádio espanhola. Ele falou também sobre os testes rápidos no país, afirmando que não há teste para todos e estão sendo usados em ocasiões "muito específicas".

Também afirmou que não há um protocolo que diga que precisa ser testado em profissionais que entraram em contato com os pacientes. A Espanha registra 94 mil casos de coronavírus, e mais de 8 mil mortes. Apenas em 24 horas, 849 pessoas morreram pela covid-19 no país.