Santa Rita se prepara para a disputa de mais uma Taça EPTV de Futsal - Torneio é adiado para julho


O Departamento Municipal de Esportes de Santa Rita do Passa Quatro garantiu sua inscrição para disputar mais uma Taça EPTV Central de Futsal. A 24a edição da competição começaria no próximo dia 21 de março, com abertura no município de Caconde, mas foi adiada para julho, devido a medidas de prevenção contra o coronavírus.

O Congresso Técnico da 24a edição da Taça EPTV Central foi realizado na quinta-feira (12/3), em São Carlos, quando foi definido o chaveamento. Ao todo, 41 equipes estão inscritas na competição. De acordo com a organização, estão na disputa: Água Vermelha, Aguaí, Águas da Prata, Américo Brasiliense, Analândia, Araraquara, Araras, Boa Esperança do Sul, Brotas, Bueno de Andrada, Cachoeira de Emas, Caconde, Descalvado, Dourado, Gavião Peixoto, Ibaté, Itaqueri da Serra, Itirapina, Leme, Matão, Mococa, Motuca, Patrimônio de São Sebastião da Serra, Pirassununga, Porto Ferreira, Ribeirão Bonito, Rincão, Rio Claro, Santa Cruz da Conceição, Santa Cruz das Palmeiras, Santa Eudóxia, Santa Lúcia, Santa Rita do Passa Quatro, São Benedito das Areias, São Carlos, São João Boa Vista, São José do Rio Pardo, São Sebastião da Grama, Tambaú, Trabiju e Vargem Grande do Sul.

Santa Rita disputa o grupo 12 e irá enfrentar as equipes de São Benedito da Areia, Pirassununga e São José do Rio Pardo.

Segundo o calendário da competição, os jogos são disputados às segundas e quintas-feiras, de 26 de março a 21 de maio, na etapa de classificação. A fase final da competição ocorre de 21 a 30 de maio, quando acontece a disputa pelo título de 2020.

No retrospecto, Santa Rita conquistou o título de campeão da Taça EPTV, em 2014, e o vice-campeonato em 2015.

Torneio foi adiado para o início de julho

O Conselho Executivo da Taça EPTV de Futsal informou nesta segunda-feira que as competições das regiões de Ribeirão Preto, Central e Sul de Minas foram transferidas para o início de julho.

A decisão segue recomendação do Ministério da Saúde e visa preservar a saúde dos participantes e contribuir com os esforços das autoridades para combater o avanço do COVID-19 (coronavírus).