As medidas da Prefeitura Municipal para enfrentamento do coronavírus


A Prefeitura Municipal de Santa Rita do Passa Quatro está tomando medidas necessárias para enfrentar a pandemia da covid-19 (coronavírus) em todo os seus departamentos e setores. As medidas seguem orientações do Ministério da Saúde e o principal objetivo é evitar aglomerações e a circulação de pessoas neste período.

Muitas medidas estão previstas no Decreto no 2.908, publicado no Diário Oficial Eletrônico do Município, na manhã desta quinta-feira (19/3), que dispõe sobre a adoção, no âmbito da Administração Pública Municipal, de medidas temporárias e emergenciais de prevenção de contágio pelo covid-19 (Novo Coronavirus), bem como sobre recomendações ao setor privado.

Até esta quinta-feira (19/3), Santa Rita registrou dois suspeitos, mas nenhuma confirmação da doença. Todos aguardando resultado em isolamento nas próprias casas.

SAÚDE O Departamento Municipal de Saúde orienta os pacientes da rede para que adiem consultas ou exames de rotina e procurem a Santa Casa ou as Unidades de Saúde (Postos) apenas em casos de urgência e emergência. É fundamental que as pessoas evitem o máximo possível as aglomerações, em qualquer circunstância.

Quem está em atendimento ambulatorial, o retorno agendado deverá ser adiado sem risco para o seu tratamento. Caso o seu retorno não possa ser desmarcado, ele será mantido sem prejuízo, mas com segurança. Para remarcar o retorno, o paciente deve entrar em contato com a unidade de saúde em que está sendo atendido.

Em caso de sintomas sugestivos de coronavírus (febre, gripe forte e ter entrado em contato com pessoa com suspeita da doença), procure imediatamente o Pronto Atendimento da Santa Casa. Mas atenção, apenas procure o Pronto Socorro em casos de urgência e emergência.

Todo procedimento eletivo (sem urgência), quando não houver prejuízo ao paciente, como algumas cirurgias, também serão adiados.

Todo agendamento de transporte para outras cidades poderá ser realizado através do telefone 3584-8247, não sendo mais obrigatório o comparecimento ao Departamento de Saúde.

EDUCAÇÃO O Departamento de Educação suspendeu as aulas nas EMEIs, EMEFs e atividades nas creches. A ação foi gradual durante esta semana e será total a partir de segunda-feira (23/3). A decisão segue orientação da Secretaria de Estado da Educação. Nesta semana as escolas municipais promo- veram atividades de orientações conscientização, e não foram registradas faltas para os alunos que não foram a escola, por decisão da família.

TRANSPORTE PÚBLICO, CEMITÉRIO E BANHEIROS PÚBLICOS A Prefeitura Municipal determinou a interrupção da circulação do ônibus coletivo a partir desta sexta-feira (20/03) por tempo indeterminado. Também serão fechados os todos os banheiros públicos, até que a situação normalize.

Cemitério e Velório Municipal também permanecerão fechados e os sepultamentos deverão acontecer sem velório prolongado.

PROMOÇÃO SOCIAL O Departamento Municipal de Promoção Social suspendeu eventos e atividades com a Melhor Idade, nos CCIs (Centro de Convivência do Idoso), CRAS e CREAS. Os cursos de capacitação do Fundo Social de Solidariedade, no Centro Profissionalizante (antigo Sesi), também estão suspensos, acompanhando o calendário da Rede Municipal de Educação.

ESPORTES, CULTURA E TURISMO O Departamento Municipal de Esportes, Lazer, Cultura e Turismo suspendeu todos os eventos culturais e esportivos programados para o mês de março. Estão suspensos o espetáculo teatral “Caravela da Ilusão”, que aconteceria neste sábado (21/3), o Programa Estância Sertaneja, programado para o próximo sábado (28/3) e os jogos do Campeonato Municipal de Futsal “Atílio Aparecido Juliati”, na Quadra Municipal Professor Oscar de Oliveira Alves.

AGRICULTURA E MEIO AMBIENTE O Departamento Municipal de Agricultura e Meio Ambiente, está suspendendo às atividades da Feira do Produtor na Praça do Rosário, aos sábados, e Praça Poeta Mario Mattoso (Estação) às quintas-feiras, à partir desse sábado (21/03).

OUTROS MEDIDAS O Decreto também veda a expedição de novos alvarás de autorização para eventos públicos e temporários, bem como é determinada a revogação daqueles já expedidos.

Poderão ser adotadas novas medidas mais restritivas, conforme a evolução da contaminação pelo coronavírus, e não está descartada a declaração de estado de emergência no município, caso necessário.

O governo municipal, por meio de seus órgãos competentes, manterá contato com os empresários e comerciantes do município, afim de que sejam debatidas medidas restritivas visando à redução da aglomeração de pessoas nos respectivos estabelecimentos.