Prefeitura amplia o investimento em Saúde nos últimos anos


Muitos municípios brasileiros passam por dificuldades com queda de arrecadação, atrasos em pagamentos do funcionalismo e fornecedores, falta de recursos para manutenção de serviços à população e investimentos. Tudo isso reflexo da dificuldade enfrentada pelos gestores públicos diante da crise que assola o país nos últimos anos.

Santa Rita do Passa Quatro vive uma situação inversa. O atual governo do prefeito Leandro Luciano dos Santos priorizou a gestão, tomou as medidas necessárias em busca de maior eficiência na utilização dos recursos e hoje pode comemorar um saldo positivo em diversos setores.

Com situação financeira estável, a Prefeitura santarritense se mantém em dia com pagamentos de servidores e fornecedores de produtos e serviços. Além disso, nos últimos, também pode ampliar consideravelmente os seus investimentos em Saúde.

Segundo os dados do Departamento de Finanças da Prefeitura, nos últimos oito anos, os percentuais da receita tributária do município aplicados em Saúde saltam de 23,36%, em 2012, para 29,70%, no ano passado. O percentual de 2019 é o dobro do que determina a Constituição Federal. De acordo com a lei máxima do país, os municípios devem aplicar, no mínimo, 15% de sua receita tributária em saúde pública (acompanhe os gráficos a seguir).


“Priorizar a gestão significa responsabilidade com o dinheiro público, revertendo em benefícios para a população. Exemplo é o crescimento no repasse para as entidades do município, que além de prestar um grande serviço para a comunidade ainda geram mais de 200 empregos”, disse o prefeito.