Notícias da Estrela


FUTEBOL I – O Grêmio Estrelense fechou o ano de 2019 como sempre realizando sua festa de confraternização entre amigos. A festa deu-se no dia 28 de dezembro no Estádio Júlio Gonçalves de Campos. Com a presença livre para os atletas e amigos da Estrela, foram formados quatro times, que travaram uma disputa entre si num clima muito gostoso de confraternização. Sagrou-se campeão o time do Josimar do qual eu também fazia parte. Foi uma tarde muito alegre e divertida em nosso Estádio. Este evento, sempre sob o comando do Serginho já se tornou tradição, algo que já faz parte do nosso calendário turístico.

FUTEBOL II – Estamos iniciando a jornada esportiva do Grêmio Estrelense deste ano e mais uma vez com muito empenho e luta para que possamos melhorar o elenco a cada jogo. Somos uma das poucas equipes da nossa região que mantém o calendário repleto de jogos sem falhar um fim de semana, isto no tradicional futebol de campo. Tudo isto devemos muito ao empenho do Serginho, incansável em sua luta pelo esporte, correndo atrás dos jogos e mantendo a agenda sempre farta de confrontos, além da batalha para conservar o campo em condições ótimas para as partidas.

O primeiro jogo se deu no dia 5 de janeiro em Santa Cruz das Palmeiras, onde o placar ficou em 2 x 2. Gols de: Josimar e Lucas. O segundo confronto foi no dia 12 de janeiro em Bento Quirino. Mais um empate com gols de: Gera e Hebert. No domingo passado, dia 19 de janeiro o confronto foi contra uma equipe de Santa Rosa do Viterbo, mais uma vez o placar ficou no empate 4 x 4 , com gols de: Josimar, Lucas e Fanta (2). 

Apesar de as vezes jogarmos desfalcados não deixamos a peteca cair e continuamos invictos. No domingo teremos mais um confronto aqui em nosso Estádio Júlio Gonçalves de Campos. Compareçam para prestigiar será na parte da manhã.

ENCONTRO DOS AMIGOS DO VOLEI ADAPTADO – Também foi realizado no dia 28 de dezembro aqui na quadra da Estrela. Mais um evento que estamos pensando em incluir no nosso calendário turístico. Iniciamos este encontro no ano retrasado, com a organização do Zito e da Cida. Começamos a idealizar este encontro quando iniciamos a prática deste esporte, fizemos muitos amigos jogando em Santa Rita, Tambaú, Santa Cruz das Palmeiras, Porto Ferreira etc... 

Viajamos por muitas cidades do Estado, em jogos pela liga, pelo JORI e amistosos. A ideia de trazer este esporte para a Estrela foi com o intuito de despertarmos o interesse dos amigos, principalmente os da Terceira Idade para a prática salutar desta modalidade. Parece que está surtindo efeito o nosso objetivo.

No primeiro encontro tivemos a presença de 12 atletas. No segundo tivemos 18 participantes. No terceiro 28 atletas. Neste último de 2019, realizado no dia 28 de dezembro, contamos com 40 participantes, vindo de Tambaú, Santa Rita do Passa Quatro, Santa Cruz das Palmeiras, Casa Branca, Aguai, Pirassununga, Porto Ferreira e para nossa alegria montamos para participar, uma equipe de Santa Cruz da Estrela. Foi uma festa muito animada e desejada, e que a cada encontro amplia cada vez mais.

ANO NOVO REIVINDICAÇÕES NOVAS!!! – Infelizmente não será assim. Continuamos a nossa luta pelas mesmas coisas do ano passado. Como gostaríamos de caminharmos para frente. Seria sinal de que teríamos avançado, progredido, mas estamos patinando.

I – ACADEMIA AO AR LIVRE - Pedindo de NOVO NO ANO NOVO.

II - A TROCA DA ILUMINAÇÃO DE RUA – Mais um pedido não atendido.

III - REFORMA DA PRAÇA - Idem... idem...

IV – CAMPO DE MALHA – Infelizmente mais um pedido que está caducando. Este final de semana o pessoal adulto estava jogando malha na quadra. Um risco que pode prejudicar o piso da única quadra que temos aqui, mas como proibir se este pedido já foi homologado a muito e muito tempo.

V- CAMPO DE BOCHA – Mais um que está esquecido, mas foi pedido e dizem até projetado.

OBS:- Já pensou se realmente resolvem fazer o que estamos solicitando, pedindo? O quanto estaríamos divulgando a nossa cidade? Quantas pessoas se alegrariam e seriam despertados para conhecerem e fazerem turismo aqui? Quantas atrações teríamos para incrementar o nosso comercio?

Conseguimos trazer para cá o CAMINHO DA FÉ, o CAMINHO DA PAZ, agora precisamos fazer jus ao que conquistamos, elevar o nome de nosso Distrito e consequentemente da nossa cidade POEMA SANTA RITA DO PASSA QUATRO de onde fazemos parte.

Portanto não podemos ficar apenas com uma pessoa cuidando da manutenção daqui. Não podemos ver nossa praça deteriorando. Já imaginaram quantas pessoas passam aqui nos fim de semana, rumo a Tambaú e demais cidades desta região? Quantos veículos vem do sul de minas passando por aqui durante a semana inteira? Como já disse estamos perdendo um polo turístico por não in- vestir, por não acreditar, por não pesquisar. Autoridades leiam e reflitam.

REFLEXÃO - Peço desculpas ao meus leitores, pela ausência estes primeiros dias do ano. Vai a minha justificativa.

Passei a virada do ano aqui na Estrela e logo cedo do dia primeiro de janeiro, viajei para a baixada santista, precisamente para Cubatão onde no dia seguinte, dia dois internei as cinco horas da manhã no Hospital Modelo, onde às 7 horas passei por uma cirurgia considerada simples, mas a minha foi complicada devido ao adiantado estado da enfermidade que estava destruída e atingindo até graças a DEUS levemente o fígado. 

Foram 15 dias com uma bolsa de dreno do lado e com dois retornos ao hospital. Na sexta-feira dia 17 tirei o dreno e no dia seguinte, sábado dia 18 eu já estava de volta a minha querida Estrelinha. Cheguei a ver a notícia que a nossa Santa Casa vai inovar usando a pulseira de identificação, o que digo ser uma boa, tive a oportunidade de receber esta pulseira no primeiro dia que cheguei ao Hospital Modelo, e a mantive enquanto estava lá. 

Uma novidade muito prática, interessante e correta. Nela estão as suas informações e sua identificação. Com um aparelho as técnicas de enfermagem clicavam sobre a pulseira e sabiam o medicamento que eu deveria tomar, a que horas e a quantidade. Parabéns a esta iniciativa de nossa santa casa.

ESTOU DE VOLTA AINDA DE DIETA, MAS DE VOLTA. VAMOS, SE DEUS NOS PERMITIR PARA MAIS UM ANO DE LUTA E CONQUISTAS PARA O NOSSO POVO, PARA A NOSSA CIDADE.