Delegado Responde: tráfico de entorpecente, violência doméstica e crime ambiental


JORNAL O SANTARRITENSE – Dr. Domingos, mais uma semana se encerrando e a Polícia, como sempre, trabalhando muito. O Dr. poderia comentar algumas das ocorrências registradas?

DR. DOMINGOS ANTONIO DE MATTOS - Essa semana teve ocorrências de furto, roubo, porte de entorpecente, tráfico de entorpecente, violência doméstica, crime ambiental, lesão corporal, além de outros registros de fatos não criminais. Entre essas, podemos destacar um furto, praticado por dois elementos em plena luz do dia, um roubo praticado mediante violência física e um tráfico de entorpecente comperseguição e apoio do helicóptero Águia da Polícia Militar para localização do suspeito que se escondeu em uma mata.

J.O.S. – Em que circunstância ocorreu o furto e qual foi o local?

DR. DOMINGOS – O furto ocorreu na manhã do dia 14 p.p., por volta de 08:30hs, em uma residência situada na Rua José Pereira, Parque Lagoinha, nesta cidade. Segundo relatos da vítima, a mesma saiu para trabalhar às 08:20 hs e quando retornou, por volta de 12:00 hs, se deparou com o portão e porta da sala arrombados, constatando a subtração de condicionador de ar, microondas, caixa de som, purificador de água, 02 televisores, um de 50 e outro de 42 polegadas, um notebook, telefone celular e outros eletro-eletrônicos.

Câmera de segurança da vizinhança flagrou o momento em que dois elementos, utilizando de um pick-up, cor escura, praticaram a ação delituosa. O setor de investigação está buscando novas imagens para identificação dos autores. Nesse caso queremos chamar a atenção para que as pessoas fiquem mais atentas, ao saírem de casa, quanto à existência de veículos suspeitos nas proximidades, denunciando para os fones 190 ou 3582.1464. 

A vítima saiu de casa as 08:20hs e o furto ocorreu as 08h26, o que demonstra que os meliantes já estavam nas proximidades observando a rotina dos moradores.

J.O.S. – E quanto ao crime de roubo?

DR. DOMINGOS – Também na manhã do dia 14 p.p., em uma chácara existente na Vila Mello, nesta cidade, dois indivíduos encapuzados, um deles armado com pistola, renderam o jardineiro, o agrediram com coronhadas e o amarraram com fios de energia elétrica, sempre exigindo as chaves da casa. 

Quando conseguiram adentrar no imóvel o alarme disparou motivando a fuga do local, mais ainda assim conseguiram subtrair um televisor, marca TCL, 50 polegadas. O jardineiro passou por exame de corpo de delito na Santa Casa e foi liberado sem nenhum ferimento grave.

J.O.S. – O tráfico de entorpecente ocorreu em algum bairro de nossa cidade?

DR. DOMINGOS – No dia 16 p.p., por volta de 09h45m, policiais militares rodoviários (TOR) realizavam operação na praça de pedágio existente na Rodovia Anhanguera, altura do Km 253, pista sul, neste município, quando deram sinal de parada para o condutor de um veículo marca

VW, modelo Golf, cor preta, ostentando placas de Montes Claros, não tendo o mesmo obedecido e iniciado fuga. Durante a perseguição o motorista do Golf efetuou várias manobras perigosas para evitar a abordagem e, na altura do Km 238 + 500 m, adentrou em uma estrada de terra batida, trafegou por aproximadamente 01 Km, chocando-se contra um barranco, ocasião em que o pneu estourou e opara-choque foi danificado. 

Com a aproximação da viatura o suspeito pegou algo no interior do veículo e se embrenhou, a pé, na mata, sendo solicitado apoio de policiais de Santa Rita para sua captura. O helicóptero Águia 20 da Polícia Militar sobrevoou a mata e indicou aos policiais de solo o local onde o suspeito estava escondido, sendo ele localizado e, nas proximidades, jogada em um brejo, encontrado uma pochete preta, contendo em seu interior 133 eppendorfs de cocaína, com peso bruto aproximado de 249 grs.

Indagado sobre a droga negou sua propriedade alegando que fugiu em virtude de não ser habilitado. Diante dos fatos e circunstâncias, Rodrigo Matheus Caires Silva (foto) foi preso em flagrante e recolhido no Centro de Triagem da CadeiaPública de São Carlos. Em sede de audiência de custódia o suspeito, possuidor de várias passagens policiais, teve a prisão em flagrante transformada em preventiva e foi removido para a Penitenciária de Araraquara onde deverá aguardar julgamento.