Delegado Responde - Furto de gado, morte suspeita, e furto de óleo diesel


JORNAL O SANTARRITENSE - Dr. Domingos, em nossa redação as informações que chegaram é que esta semana foi de grande movimento na Delegacia de Polícia, inclusive com furto de oleoduto. Quais os fatos de destaques ocorridos nesta semana?

DR. DOMINGOS ANTONIO DE MATTOS - Nesta semana, foram registrados casos de furto de gado e de veículo, uma morte suspeita, mais um caso de violência doméstica, cumprimento de mandado de prisão além do furto de óleo diesel efetuado por derivação clandestina, em um trecho do oleoduto da Petrobrás, neste município.

J.O.S. - Sobre o furto de gado e de veículo, o que o senhor poderia nos relatar?

DR. DOMINGOS - O furto de veículo ocorreu no Jardim São Luiz, nesta cidade. O proprietário de uma motocicleta Honda CG 160 a estacionou na frente de sua residência e, após uma hora, quando foi utilizá-la novamente, não mais a encontrou. No furto de gado, ocorrido em uma propriedade rural deste município, ocorreu à subtração de 13 cabeças de gado mestiça girolanda. O proprietário, quando da constatação da falta de parte de seus animais, ainda os procurou nos arredores de sua propriedade. Como não os encontrou, compareceu na Delegacia para registro dos fatos. Os dois casos estão sob a responsabilidade do Setor de Investigações desta Unidade Policial.

J.O.S. - Sobre o caso de morte suspeita, quais são as informações sobre o caso?

DR. DOMINGOS - Esse fato, ocorrido no Jardim Nova Santa Rita, foi constatado por uma vizinha da vítima, a qual, necessitando conversar com a mesma, começou a lhe chamar. Vendo que não era atendida, adentrou a residência e encontrou a vítima em óbito no vaso sanitário existente no banheiro. O corpo foi levado ao IML para realização de exame necroscópico e aguardamos a chegada do laudo para direcionar futuros trabalhos de investigação.

J.O.S. - Quanto ao mandado de prisão cumprido, o senhor poderia falar sobre esta diligência?

DR. DOMINGOS - Policiais Civis desta Unidade, de posse de Mandado de Prisão Civil expedido pelo Juízo da 1a Vara desta Comarca, efetuaram a captura do indivíduo, sendo então removido ao Centro de Triagem de São Carlos onde ali permanecerá recolhido até o pagamento do débito ou o cumprimento do prazo de sua prisão.

J.O.S. - E, novamente, mais um caso de violência doméstica?

DR. DOMINGOS - Infelizmente mais um caso desta natureza foi registrado em nossa cidade. Consta que a vítima, a qual mantém união estável com o agressor, já vinha sofrendo problemas decorrentes do uso excessivo de álcool por parte de seu convivente. Notadamente, em razão dos efeitos da bebida, o agressor iniciou uma discussão com a vítima, a qual culminou com este deferindo um soco no olho esquerdo da mesma, causando-lhe lesões corporais. Nesta Delegacia de Polícia, a vítima manifestou o desejo de se valer das medidas protetivas asseguradas pela Lei Maria da Penha, as quais foram encaminhadas para a apreciação pelo Juízo Criminal desta Comarca. Pela Delegacia de Polícia, também foi instaurado Inquérito Policial visando à responsabilização criminal do agressor.

J.O.S. - E quanto ao furto de óleo diesel ocorrido em um trecho do oleoduto da Petrobrás neste município?

DR. DOMINGOS - O fato ocorreu no dia 22/10, por volta das 00h20min horas. Segundo apurado preliminarmente, indivíduos ainda não identificados, acessaram por uma estrada rural contígua à alça de acesso da Rodovia Anhanguera, no retorno do KM 258, chegaram até ao local onde o oleoduto da Petrobrás passa e ali, após escavarem, utilizaram-se de mangueiras e artefatos próprios para a efetuação da chamada derivação clandestina de combustível.

No local, os autores do delito também estavam na posse de um articulado, composto por um cavalo mecânico e dois reboques tanques, os quais foram carregados com o combustível subtraído. Aproveito para esclarecer que o combustível em questão trata-se de óleo diesel bruto, ainda impróprio para uso, o qual deveria passar por processos químicos para a sua distribuição em postos de combustíveis. 

Aproximadamente 68.000 litros deste produto foram carregados nos dois reboques tanques. Notadamente aos fatos, quando da ocorrência desta derivação clandestina, os oleodutos são dotados de sensores, os quais alertam para a diminuição da pressão, indicando o local onde a derivação ou eventualmente um vazamento pode estar ocorrendo. Desta forma, equipes regionais são acionadas que, por sua vez, alertam as bases da Polícia Militar próximas à região. 

No caso em apreço, uma equipe de Policiais Militares Rodoviários ficou a espreita pelo local, na tentativa da captura dos autores. Como estes demoravam a sair da estrada rural, os policiais militares avançaram nesta via, momento em que encontraram o articulado, tendo as pessoas citadas fugido do local e nenhuma capturada. No local, além de uma equipe de investigadores desta Delegacia, também compareceu a Perícia Criminal, onde foram coletados materiais, bem como latentes fragmentos de impressões digitais. De pronto, determinei a instauração de Inquérito Policial e os fatos serão devidamente apurados.

J.O.S. - E quanto ao combustível e os veículos apreendidos?

DR. DOMINGOS - Os veículos (cavalo mecânico e reboques tanques) quando da apresentação da ocorrência nesta Delegacia, não constavam com queixa de furto ou roubo, a qual somente foi inserida após as 13h00min. Notadamente aos fatos, haveria a necessidade do transbordo da carga de combustíveis do caminhão apreendido para outro da empresa vitimada, o qual deve ser feito em local seguro, para evitar riscos à integridade física de pessoas e ao meio ambiente. 

Desta forma, obediente ao protocolo de intenções firmado entre a Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo com a Petrobrás, foi formulada a entrega do combustível à Petrobrás e a um representante desta empresa efetuei depósito dos veículos, para serem removidos a local adequado para a efetuação do transbordo do produto com segurança.