Notícias da Estrela


FUTEBOL I – O Grêmio Estrelense já está inscrito no Torneio Varzeano de Santa Rita que terá início no dia 8 de setembro, com o jogo da abertura marcado para o Campo da Cinelândia, as 10h00, entre as equipes do COPASA IMAPRO X AASR.

FUTEBOL II – Neste dia o Grêmio estará viajando para um amistoso em Mogi-Guaçu, num encontro festivo onde enfrentará a equipe do nosso amigo Marcio. Será mais um preparativo para o torneio que se inicia.

FUTEBOL III – Continuam os treinos do Grêmio Estrelense, nas quartas e sextas-feira, o objetivo além do entrosamento, e preparo físico, visa também a inclusão de novos jovens no esporte.Infelizmente é nato a dificuldade do futebol amador, onde muitos atletas comparecem apenas no jogo devido aos compromissos de trabalho, isto dificulta mais ainda para o treinador, onde os jogos também se tornam treinos para a equipe. Enquanto os profissionais tem o tempo todo a disposição da equipe técnica e mesmo assim deixam a desejar. Parabéns aos treinadores varzeanos que fazem das tripas o coração.

SINDICATO RURAL – Agradecemos ao Sindicato e sua diretoria pelo evento realizado em nosso Distrito no domingo próximo passado. Foi assim envolvente, tanto com as crianças quanto com os adultos. Na verdade uma linda integração de nossa comunidade. Estamos sim de portas abertas à novas realizações. Obrigado Pamela e Multi, pela dedicação e empenho para que tudo corresse a contento. Vai também o meu obrigado aos nosso parceiros, amigos sempre pronto a ajudar, Decinho, Marcio, Dan Dan, Nei Norato enfim a todos que contribuíram para o sucesso do evento.

IGREJA CATÓLICA - Está um perigo o padrão de energia da Igreja. Está bem caótica as ligações sem uma proteção adequada o que causa um risco a quem por ventura por ali se aproxime, principalmente as crianças. Alias da dó ver o patrimônio católico em estado de abandono. Onde estão as autoridades do clero? Uma igreja que além de seu valor religioso, tem história, é um patrimônio, pois ali esteve presente o maior ícone de nossa cidade, ZEQUINHA DE ABREU.

Ali ele encontrou sua namorada, depois esposa, ali ele casou. Cobro dos nossos comandantes católicos o desleixo e abandono do local. É uma prova de incapacidade administrativa deixar uma igreja deste porte se tornar capela. O Padre Donizetti que se hoje é Beato e em breve se DEUS quiser Santo, esteve inúmeras vezes neste templo rezando missas. Hoje infelizmente a comunidade nem sabe o nome do padre, se é que é padre. Falta envolvimento, falta amor, a religião e a comunidade, principalmente as crianças.

Será que os nossos representantes religiosos não sabem que as crianças são o futuro?

Serão os homens e mulheres de amanhã?

Será que não sabem que está nas mãos deles a futura geração.

Que se não os envolvermos hoje com os nossos conhecimentos, com nossa cultura, com nossa religião, não terão o nosso legado para levarem a frente?

Dói ver o galpão que ajudamos a construir e na verdade não podemos usar.

Dói ver as pessoas que lutaram por esta igreja hoje distante sem ânimo ou incentivo para voltar.

Dói ver as nossas crianças sem catequese enquanto duas casas da paroquia onde eram administrados os ensinamentos estão abandonadas.

Dói lembrar do Padre Tarcísio e ver que este tempo passou, que nossas crianças eram mais felizes com ele no comando e com sua saída a igreja está ruindo.

Não é legal termos um padre que se conforma com a pequena quantidade de pessoas que vão a missa. Falta objetivo para ele. Não é legal você ver tanta gente domingo de manhã zanzando pela praça e a igreja fechada, uma única missa as 19h00 quando o povo já está se recolhendo.

REFLEXÃO - Pensei em fazer um momento de reflexão, mas deixo para as pessoas refletirem com o que disse acima. Principalmente o pessoal do CLERO.