Delegado Responde - Roubo na cidade e encontro de ossada humana na cidade


Jornal O Santarritense – Dr. Domingos, no final da semana passada tivemos outro roubo em nossa cidade. O Doutor poderia comentar essa ocorrência e esclarecer em que circunstância a mesma ocorreu?

DR. DOMINGOS ANTONIO DE MATTOS – Na manhã do dia 06 p.p., por volta de 06hs, quatro indivíduos encapuzados, trajando roupas escuras e luvas, pelo menos um deles armado de revólver, adentraram na casa das vítimas, pessoas idosas, sito no Vale do Flamboyant, anunciando o roubo e indagando onde estava o cofre e o dinheiro.

Para conseguirem acesso ao interior do imóvel os meliantes atiraram uma cadeira na porta de vidro e, ato contínuo, amarraram as vítimas e as agrediram com socos e tapas, revirando todos os cômodos e subtraindo relógios, eletrodomésticos, televisores, telefone celular, aproximadamente R$ 2.000,00 (dois mil reais) em moeda corrente e o veículo Toyota Corolla, ano 2010, cor prata. Comunicada a ocorrência na Delegacia de Polícia o Setor de Investigação foi acionado e está realizando diligências tendentes a identificação dos meliantes.

J.O.S. – Essa semana a Polícia Civil concluiu inquérito que apurava roubo ocorrido em abril de 2019, no Jardim Alvorada, sendo que o ladrão também usou de violência contra a vítima. O referido ladrão foi identificado?

DR. DOMINGOS – Na verdade o delito foi capitulado como tentativa de roubo, vez que o suspeito nada conseguiu subtrair da vítima. Naquela ocasião, no dia 25 de abril, a vítima foi surpreendida, no portão de sua casa, por um elemento que, empunhando uma “pistola”, anunciou o assalto e a empurrou para o interior do imóvel. 

Em determinado momento a vítima observou que a arma era de brinquedo e iniciou luta corporal com o suspeito, tendo sido atingida no rosto por um disparo que lançou uma espécie de “bolinha” plástica, bem como coronhadas na cabeça. Ato contínuo o suspeito fugiu por uma mata existente nos fundos do imóvel. 

O setor de investigação foi acionado e identificou o suspeito do crime, tendo a vítima comparecido na Delegacia de Polícia e efetuado o reconhecimento fotográfico. Ante esses fatos representei pela Prisão Temporária do suspeito, o que foi acatado pelo Poder Judiciário com a expedição do respectivo mandado. 

A partir de então o referido suspeito passou a ser considerado foragido e foi capturado por Policiais Militares no último dia 10,ocasião em que a vítima foi novamente chamada a comparecer na Delegacia e, mediante reconhecimento pessoal, apontou, sem sombra de dúvidas, o suspeito como sendo autor do crime de roubo tentado contra sua pessoa. Finalizados os trabalhos de Polícia Judiciária,na última quinta-feira, elaborei relatório final do inquérito com representação pela prisãopreventiva do autor, sendo os autos encaminhados para o E. Juízo.

J.O.S. – Na redação chegou à informação do encontro de uma ossada humana. Isso procede?

DR. DOMINGOS – Sim, na manhã do dia 11 p.p., em uma propriedade rural situada na Vicinal José Colussi Filho, mais precisamente em uma curva de nível, trabalhadores rurais localizaram uma ossada humana e, imediatamente, efetuaram as comunicações necessárias, tendo essa Autoridade, juntamente com investigadores, comparecido no local e efetuado diligências preliminares para esclarecimento dos fatos. 

No local foram localizados, além da ossada, fragmentos de roupas e um piercing, tudo indicando se tratar de ossada pertencente à pessoa do sexo feminino. Acionei o Instituto de Criminalística que compareceu no local e realizou o competente exame, sendo a ossada recolhida e encaminhada para exame junto ao IML, inclusive colheita de material para futuro teste de DNA. 

Na sequência os Investigadores passaram a efetuar diligências tendentes a identificar suposta mulher, cuja ossada foi encontrada, inclusive mantendo contato com outras delegacias e verificando pessoas desaparecidas constantes do banco de dados da Polícia Civil. O que eu posso adiantar é que as investigações estão bem adiantadas e existe suspeita quanto a uma pessoa, desaparecida no final do ano passado, sendo que seus familiares estão sendo contatados para fornecimento de material para exame de DNA.