IGM: Santa Rita é 1o. lugar no Estado e 2o. do Brasil em Gestão


O Conselho Federal de Administração (CFA) divulgou recentemente o ranking do Índice de Governança Municipal (IGM) e Santa Rita do Passa Quatro aparece no topo da lista, com resultados expressivos.

Com nota 9,35, o governo municipal do prefeito Leandro Luciano dos Santos foi classificado em1o lugar entre os 119 municípios do Estado de São Paulo, com população entre 20 e 50 mil habitantes, no quesito Gestão. No cenário nacional, o governo santarritense ficou em 2o lugar, no mesmo quesito, entre as 1.102 cidades de 20 a 50 mil habitantes de todo Brasil.

O IGM é uma métrica da governança pública nos municípios brasileiros a partir de três dimensões: Finanças, Gestão e Desempenho. O índice foi elaborado a partir de dados extraídos de bases públicas como a Secretaria de Tesouro Nacional (STU), o Instituto Brasileiro de Geografia eEstatística (IBGE), o Pro- grama das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e o Departamento de Informática do SUS (DATASUS), considerando pontuações em áreas como saúde, educação, gestão fiscal, habitação, recursos humanos, transparência e violência.

A nota de Santa Rita em Gestão é resultado do desempenho do governo municipal nos indicadores: Colaboradores (9,62), Planejamento (8,62), Transparência (9,82) e Qualidade de Gestão (9,48). De acordo com o Diretor de Finanças do Município, Eduardo Gioielli Gracioso, isso quer dizer: “quadro de colaboradores condizente, orçamento aplicado com rigor, honestidade na divulgação de informações e dinheiro público aplicado corretamente”.

Também em Gestão, Santa Rita está entre os 10 melhores do país. Considerando todos os 5.570 municípios do Brasil, o município santa-ritense ocupa a 9a colocação no ranking brasileiro e, no Estado de São Paulo, está em 4o lugar, entre as 645 cidades paulistas.


Considerando as três notas (9,35 em Gestão; 6,49 em Finanças e 8,62 em Desempenho), Santa Rita obteve média de 8,15 no IGM, que a coloca em 23o lugar do país entre os 551 municípios do Grupo 4 (de 20 a 50 mil habitantes com PIB acima de R$ 14.460), sendo que a melhor nota deste grupo foi 8,75. No Estado de São Paulo, Santa Rita está em 12o entre as 111 cidades também do Grupo 4.

Em comparação com municípios da região de maior porte e de maior relevância, Santa Rita ocupa dois primeiros lugares: em Gestão e na média do IGM, ficando à frente, por exemplo, de Leme (nota 7,94 no IGM e 8,76 em Gestão respectivamente), Araras (6,70 e 8,65), Araraquara (7,46 e 8,22), São Carlos (8,61 e 8,33) e Ribeirão Preto (6,97 e 6,59).

“Desde o início da nossa administração, a prioridade sempre foi a gestão, pois só assim iriámos conseguir chegar aos outros objetivos”, disse o prefeito. “E este resultado é a prova de estarmos no caminho certo, promovendo o crescimento de nossa estância”, concluiu.

O QUE É O CFA O Conselho Federal de Administração (CFA) é um órgão normativo, consultivo, orientador e disciplinador do exercício da profissão, sediado na capital federal, responsável por controlar e fiscalizar as atividades financeiras e administrativas do Sistema de Conselhos Federal e Regionais de Administração. Este, que tem como missão Promover a Ciência da Administração valorizando as competências profissionais, a sustentabilidade das organizações e o desenvolvimento do país, é integrado pelo CFA e pelos 27 Conselhos Regionais de Administração, sediados em todos os Estados da Federação e no Distrito Federal.

Todos os dados para a elaboração do índice foram coletados durante os anos de 2016, 2017 e 2018. Os resultados completos estão disponíveis no site http://igm.cfa.org.br.