Criaram um dispositivo que promete bloquear qualquer tipo de som


Pesquisadores da Universidade de Boston, nos EUA, desenvolveram algo realmente surpreendente: um objeto com um formato que permite a passagem do ar e da luz, mas é capaz de bloquear todo e qualquer tipo de som. Como conseguiram essa bruxaria? Através do uso da tecnologia de impressão 3D aliada à matemática.

A grande maioria dos sistemas atuais para redução de ruídos se baseiam na absorção das ondas sonoras que, por sua vez, são convertidas em calor. Já a engenhoca desenvolvida pelo pessoal de Boston tem um funcionamento completamente diferente, uma vez que, no lugar de reter e neutralizar o som, ela simplesmente o reflete.

Segundo explicaram os cientistas por trás da inovação, eles realizaram uma porção de cálculos para determinar quais dimensões e especificações um material deveria apresentar para que fosse possível bloquear o som e fazer com que qualquer onda sonora retornasse à fonte emissora. Depois de conduzir simulações durante meses, o time concluiu que o tal material – batizado de “metamaterial acústico” – deveria ter o formato de uma rosquinha.

Então os pesquisadores usaram uma impressora 3D para produzir um objeto com forma de rosquinha – que foi fixado a uma das extremidades de um tubo de PVC. A outra ponta do cano, aliás, foi conectada a uma caixa de som. E quando os cientistas acionaram o equipamento e emitiram sons bastante altos e em alta frequência, o “donut silenciador” foi capaz de bloquear perto de 95% do ruído vindo pelo tubo de PVC.

Ficou curioso sobre as aplicações que os pesquisadores pensaram para a engenhoca? Os cientistas disseram que essas estruturas podem ser utilizadas como tijolos, por exemplo, para serem empregados na construção de paredes à prova de som – mas permeáveis à luz e ao ar –, assim como na produção de veículos mais silenciosos.

Além disso, as rosquinhas poderiam ser usadas para reduzir o ruído produzido por aparelhos de ressonância magnética – você já teve que entrar em uma dessas máquinas para fazer exames? – e outros dispositivos médicos ruidosos, drones e equipamentos de ar condicionado e aquecimento ou qualquer coisa que torne o nosso entorno menos barulhento. O que você acha a ideia?