Notícias da Estrela


FUTEBOL I – O time da Estrela, posso dizer o Novo Estrelense, carrega em seu ombro, uma tradição, pois passam os atletas, passam os comandantes, mas fica a historia, e quando a gente se sente neste time, temos a incumbência de que carregamos um legado, que passa os séculos, isto nos dá orgulho, e tentamos fazer o nosso melhor, para quem sabe termos um capítulo nesta lenda esportiva do Distrito.

Felizmente há pessoas que não medem esforços para manter viva esta tradição. Pessoas que doam seu tempo, sua dedicação, sem almejar recompensa, a não ser o prazer de dar continuidade ao esporte e com ele fazer a nossa parte de cidadania, de cidadão em prol da maturidade que ainda se dispõe a participar e aos jovens que não veem as possibilidades de serem profissionais, mas sim serão cidadãos uteis a sociedade, por fim os adolescentes, as crianças que ainda possuem a esperança de um futuro a ser desenhado na tela do mundo.

Nossa!!! Filosofei muito pra falar que o Novo Estrelense ganhou duas partidas seguidas, e que neste fim de semana jogou em Porto Ferreira no sábado a tarde.

Ah! Ainda esqueci de dizer que o filho de um fazendeiro da ESTRELA foi um dos fundadores do INTERNACIONAL DE PORTO ALEGRE!!! – SABIAM???

FUTEBOL II – Teve inicio no sábado passado as atividades do Futebol Nota 10. Começou o ano letivo desta entidade aqui na Estrela, não posso dizer que começou em geral, pois este ano o pessoal da cidade já participou da Copa Dias. Ai fica o nosso pedido para que este ano as coisas sejam diferentes, com mais atividades, mas participação do pessoal da Estrela, que se sentiu assim meio que esquecidos neste período de férias total para a Estrela e parcial para a cidade.

Queremos ter mais participação nos eventos, mais dedicação nos trabalhos, enfim queremos nos sentir mais entusiasmos e realmente vermos a importância deste trabalho, que conta com pessoas que acreditamos ser competentes para isto. Estamos sim a disposição em que pudermos ajudar, com uma vontade imensa de sermos úteis. Pois vemos nestes meninos os possíveis frequentadores e representantes do time da ESTRELA. Nós do Grêmio Estrelense somos os olheiros deste trabalho e das futuras promessas.

PRAÇA MOSCOPP - De acordo com notícias ventiladas no ano passado, e que se propagou na comunidade, estamos aguardando a reforma da nossa praça.

ACADEMIA AO AR LIVRE – Uma reivindicação da comunidade, de aparência fácil de ser realizada mas que até agora nos parece difícil de ser concretizada. Quantas promessas já se passaram por este item.

RETORNO DOS PACIENTES DE RIBEIRÃO PRETO - Mais uma solução que aguardo resposta, uma coisa que me parece ser mais simples dependendo apenas de atitude administrativa, mas que causa muitos transtornos e aborrecimentos aos nossos pacientes, justamente em um momento delicado de nossa vida. 

Eu já tive estes transtornos por várias vezes, e gostaria que isto não se repetisse mais, não só comigo, mas principalmente com todos que carecem desta atitude administrativa. Pois é constrangedor você descer ali na rodoviária vindo de um tratamento médico e ver, presenciar, os moradores da cidade adentrarem em outra condução que os levará de retorno à seus destinos, enquanto nós que moramos mais longe, termos que fazer uma caminhada até o departamento de transporte de saúde, para IMPLORAR uma condução de retorno. 

Sem saber quando virá, sendo que antecipadamente já sabem, pois marcaram a condução com um prazo para irmos e voltarmos, e mais, sabem que temos que retornar ao menos ao ponto de nossa saída.

AÍ EU PENSO... O QUE FALTA???

CATEQUESE – Quanto tempo não ouvia esta palavra aqui na ESTRELA, agora estou sabendo que a nossa incansável e admirável DONO ERCILIA vai se encarregar deste quesito, tão importante para a formação religiosa de nossas crianças católicas que se viram abandonadas a mais de uma década, aqui. 

Tanto que na Igreja da Estrela a petizada é coisa mínima. Aliás o abandono da nossa igreja que sobrevive graças a iniciativa de alguns fiéis solidários, é notória. Sempre recebo amigos católicos que vem em minha casa, que fica num ponto estratégico, ao lado da igreja. A primeira sensação deles é conhecer o nosso templo. Bem aí tem que esperar quando ela abrir.

Missa domingo a noite.
Padre??? – Apenas naquela horinha, e sem diálogo. Entra calado sem um sorriso, sai mudo...
Recepção aos visitantes??? Visitantes??? Será que virão???
Será que notaram???
Quem??? De onde???
Se quiserem saber vão a Tambaú, lá receberão uma salva de palmas.
Ou em Descalvado, lá o Padre os aguarda na entrada do templo, com um sorriso e um tempo pra prosa, lá eles poderão se sentir parte da comunidade católica.

Bem a nossa igreja, construída com luta, com muita história pra contar, as autoridades entendidas diz terem a rebaixado a capela. Pra mim tem a mesma importância, tanto que a chamo de A MATRIZ DA ESTRELA.

Se quiserem rebaixar mais, fiquem a vontade, quem sabe consigam rebaixar ao cargo de MANJEDOURA, nossa como ficarei feliz, eu e JESUS, que nasceu em uma delas...

AMÉM...