Delegado Responde - Roubo de carga, furto e acidente com armadilha de caça


JORNAL O SANTARRITENSE - Nesta semana, pelo que soubemos, foram registrados casos de roubos de carga, um flagrante de furto e um acidente com armadilha de caça. O que o senhor pode falar sobre estes assuntos?

DR. DOMINGOS ANTONIO E MATTOS - Nesta semana tivemos o registro de dois roubos envolvendo cargas, sendo um tentado e um consumado.

J.O.S. - Quanto ao roubo tentado, como os fatos se deram?

DR. DOMINGOS - Neste caso, o motorista trafegava com seu veículo, na Rodovia Anhanguera, quando na altura do Km 239 foi abordado por um veículo GM/Corsa onde um dos indivíduos, apontando uma arma, obrigou-o a parar no acostamento da rodovia.

Abordado, o motorista foi levado para o interior deste veículo, onde foi colocado deitado no banco de trás, ficando cerceado por algum tempo, sendo libertado no município de Porto Ferreira, às margens da rodovia. Acionada a Polícia Rodoviária, quando a viatura policial foi prestar o atendimento já havia a notícia do encontro dos veículos, sendo que a carga transportada (contendo produtos de limpeza) continuava intacta.

J.O.S. - E quanto ao roubo consumado?

DR. DOMINGOS - Neste fato, a vítima transportava 45.000 litros de óleo diesel, sendo que no Posto da Serra, nesta cidade, parou o seu veículo e lá pernoitou. Durante a madrugada, três indivíduos renderam o motorista e este, sob ameaça de armas de fogo, foi levado aos fundos da cabine do caminhão que dirigia, onde foi obrigado a ficar deitado, a não esboçar reações e a não olhar para os assaltantes. 

A vítima, nesta Delegacia, declinou que após ser colocado nos fundos da cabine, um dos assaltantes iniciaram viagem, sendo que percebeu que efetuaram o retorno no acesso à Rodovia Zequinha de Abreu, entrando em um carreador logo em seguida. Ao motorista foi ordenado sair do veículo e se deitar, onde ficou até o dia amanhecer. 

Neste tempo, o motorista percebeu movimentações feitas com o caminhão, sendo que, em um dado momento, quando tudo ficou em silêncio, foi onde tomou coragem e se levantou do local onde estava, constatando que os assaltantes e o articulado que conduzia não estavam mais nas proximidades. Se dirigindo às margens da rodovia, através de um dos telefones SOS, acionou a Polícia Rodoviária, sendo conduzido a esta Delegacia. 

Nesta Unidade, além de prestar suas declarações de como o fato ocorreu, acompanhou a perícia criminal no local de seu cativeiro, visando o encontro de alguma evidência que torne possível o esclarecimento do delito.

J.O.S. - Quais as providências tomadas pela Policia Civil nestes dois casos?

DR. DOMINGOS - De imediato iniciaram as investigações que, somado a eventual elementos que venham à tona com a chegada do Laudo Pericial, poderão culminar no esclarecimento dos crimes.

J.O.S. - Houve também um caso com acidente com armadilha de caça? Como foram estes fatos?

DR. DOMINGOS - Consta que um indivíduo, em seu lazer, pescava nas imediações da Usina Santa Rita e, em determinado momento, saiu para dar uma volta em meio a uma mata. Neste passeio, acabou enroscando um dos pés em algo e, na sequência, foi atingido por um disparo de arma de fogo em seu olho esquerdo. 

De imediato, este indivíduo foi socorrido ao Pronto Socorro do Hospital Dona Balbina em Porto Ferreira, local este onde, devido ao protocolo, foi acionada a Polícia Militar. O local dos fatos foi vistoriado, mas nesta diligência, não foram encontradas armas de fogo. Ao que sabemos, a vítima não corre risco de morte.

J.O.S. - Foi também lavrado um flagrante de furto?

DR. DOMINGOS - Sim. O furto, ocorrido nas dependências externas de um estabelecimento comercial, foi flagrado pelas câmeras de segurança do circuito externo. O objeto furtado, trata-se de uma bicicleta. Notadamente a vítima, ao constatar o furto, acionou a Polícia Militar que, acessando as imagens, visualizou a ação e as características do autor dos delitos, o qual foi detido nas proximidades do local. O autor dos fatos, diante das imagens, acabou confessando a prática do delito e indiciou o local onde havia escondido a bicicleta que foi recuperada e devolvida a sua proprietária.