Visitamos e conhecemos as tecnologias dos carrões do Salão do Automóvel 2018


Começando no dia 8 e durando até o dia 18 de novembro, o Salão do Automóvel 2018 traz para seus visitantes muitas opções de diversão, além de apresentar o futuro dos automóveis. Desta vez, conectividade e eletricidade foram as palavras que guiaram todos os estandes. Sejam as montadoras mais populares, ou as construtoras de carrões exclusivos, todas falavam praticamente a mesma coisa.

Como por exemplo a Mercedes, que apresentou em sua conferência, o AMG ONE. O carro tem motor de Fórmula 1, o mesmo que equipa os carros de sua equipe na categoria, é repleto de elementos da mais alta tecnologia, e custa dez milhões de reais. Já a Renault, por sua vez, trouxe um conceito de sala de estar em quatro rodas, com um carro que conta com cadeiras giratórias.

Falando em conectividade, nunca os carros estiveram tão conectados. A Honda, por exemplo, nos mostrou um conceito de automóvel que consegue detectar pedestres na rua, manter distância segura do carro da frente, além de corrigir a rota, caso você saia da pista, por qualquer razão. E ainda comentaram estar trabalhando em um sistema de conexão na qual o carro entende sua agenda diária e se adapta a ela, te lembrando de compromissos e ligando músicas adequadas para o momento da direção.

E, os carros elétricos, seguem em alta. Dirigi o Chevrolet Bolt, carro 100% elétrico que, além do silêncio que ele traz, também acompanha uma autonomia de 382 km por carga completa, além de contar com sistemas insteressantes como um freio automático, no qual basta soltar o acelerador para ele parar, ou um freio no volante, útil para levar a energia da frenagem para a bateria do carro.

O Salão do Automóvel segue até o dia 18, apresentando todos estes conceitos. Que estarão, em breve, em nossas ruas e estradas, ajudando a fazer, na medida do possível, uma direção mais prazerosa, conectada, e segura.