Santa Rita se prepara para receber 10 novas obras até 2019


Santa Rita do Passa Quatro está passando por uma visível transformação em seu cenário, graças às obras executadas pelo governo municipal. Além das inúmeras em andamento e já concluídas nos últimos anos, a cidade está prestes a receber 10 novas obras, em diversos setores como infraestrutura urbana, saúde e turismo, por exemplo.

Cristo Redentor (Morro do Itatiaia), Parque Turístico Municipal (Clube de Campo), Museu Zequinha de Abreu, Ginásio Municipal de Esportes (3a etapa) e Centro de Lazer do Trabalhador já têm seus respectivos projetos de revitalização concluídos e recursos aprovados e aguardam os trâmites, como licitação, para terem suas obras iniciadas. Neste grupo também pode ser incluído a construção de um novo portal de entrada da cidade, para quem vem de Tambaú.

A maioria dos recursos destinados a estas obras são do Governo do Estado de São Paulo, através do Dadetur (Departamento de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios Turísticos) e são exclusivos para infraestrutura turística. A previsão é de que todas estas obras iniciem ainda este ano.

Para o ano que vem, o Departamento de Obras e Infraestrutura da Prefeitura Municipal está elaborando novos projetos destinados ao Dadetur 2019. Revitalização do Centro Cultural Mario Covas, do Jardim do Lago e Praça de Santa Cruz da Estrela, estão entre os novos projetos, que incluem também a continuação da reforma no Parque Turístico Municipal (2a fase) e nova iluminação nas avenidas Formoso e Padre Pio Coso.

A essas, somam-se as obras em andamento – muitas em fase de conclusão – como reforma do banheiro na Praça Zequinha de Abreu, restauração do prédio da antiga delegacia, que vai se tornar um centro cultural, primeira e segunda etapas da reforma no Ginásio de Esportes, construção da terceira Unidade Básica de Saúde (UBS), recapeamento de ruas em diversos bairros, recuperação de sete pontes na zona rural, incluindo a da Cachoeira São Valentim.

TURISMO E EMPREGO A maioria das obras, sejam novas ou em andamento, privilegiam especialmente o setor de turismo, que é considerado o maior gerador de empregos na atualidade. Santa Rita, na condição de Estância Climática, pode contar com o recurso do Dadetur para estimular o turismo, oferecendo a infraestrutura necessária para fomento do setor e consequentemente fortalecer a economia local.

RECURSOS Santa Rita, como a maioria dos municípios, possui um orçamento apertado, que chega ser insuficiente até mesmo paramanutenção dos serviços básicos prestados à população, com baixa arrecadação e poucos repasses de recursos dos governos Federal e Estadual.

Diante deste quadro, para realização de novas obras, é necessária uma busca constante de verbas, uma tarefa nada fácil. Trabalho que vem recebendo grande atenção do prefeito Leandro Luciano dos Santos, juntamente com sua equipe técnica, seja no Departamento de Obras, como também nos setores de convênio – especialmente no que se refere a prestação de contas – e Financeiro, que ad- ministra os recursos tanto de manutenção dos serviços presta- dos a população, como os novos investimentos.

“Além do trabalho incansável e semanal, tanto em São Paulo, como em Brasília, para conquista de grande obras para nosso município, nunca a forma de gestão, com austeridade e credibilidade, é deixado de lado”, disse o prefeito. “Ao contrário, gestão de obras e gestão financeira são feitas em conjunto para transformar Santa Rita, em pouco tempo, num modelo para a região e país”, concluiu.