SESI de Santa Rita - União de forças que valeu a pena


A nova Escola do Sesi foi inaugurada no dia 23 de agosto de 2012, pelo então presidente da Fiesp e do SESI-SP, Paulo Skaf.

A escola foi projetada com 12 salas de aula, duas áreas de convivência, uma biblioteca escolar com acervo atualizado, laboratório de informática educacional com computadores, um laboratório de ciência e tecnologia, uma sala multidisciplinar, quadra esportiva coberta com vestiários e ambientes administrativos, amplos e confortáveis, para atendimento aos pais e professores.

Durante a inauguração, Paulo Skaf assinou, em nome do Serviço Social da Indústria, o documento recebendo uma área pública do município, de 5.865 m2, desafetada, para a construção da Estação SESI de Cultura. A comemoração naquela ocasião foi grande pela conquista de mais uma grandiosa obra.

O sucesso de uma iniciativa que deu certo

Na edição de O Santarritense de 14 de agosto de 2010, noticiávamos com alegria, uma matéria dizendo que “O sucesso de uma iniciativa que deu certo”. Falávamos sobre o andamento das obras da então futura nova unidade do Sesi em Santa Rita do Passa Quatro, obras que tiveram início naquele ano, no mês de abril.

Um dos maiores projetos já conquistados pela população de Santa Rita do Passa Quatro, hoje é uma feliz realidade, graças à junção de forças que essa cidade realizou. Essa conquista nasceu pelas mãos da Professora Silvia Thomasi, que identificou a oportunidade e levou ao empresário e empreendedor Clovinho Camargo. A causa foi abraçada com todas as forças, o que motivou a Administração Municipal a tomar as providências necessárias à doação do terreno, dentre elas a Lei de doação que foi, de forma unânime, aprovada pela Câmara Municipal.

O que era sonho se tornou realidade. Em 2012, as aulas dos alunos do Centro Educacional SESI de nossa cidade, já começaram a ser ministradas na grandiosa obra para a alegria de uma população de quase 30 mil habitantes.

Todo o processo recebeu o apoio do Deputado Estadual Roquinho Barbiere. Roquinho vestiu a camisa do projeto e trabalhou junto a FIESP para vencer as dificuldades, que foram muitas.

Para recordarmos, inicialmente seria construída uma unidade de menor porte, mas ao ver o terreno e as condi- ções da cidade, Paulo Skaf, presidente da FIESP decidiu pela unidade de maior porte, autorizando, ainda, o ensino articulado profissionalizante, comdisponibilização dos cursos do SENAI de Ribeirão Preto.

Em reconhecimento ao carinho ofertado à nossa cidade, Paulo Skaf recebeu como Roquinho, o título de Cidadão Santarritense.

A busca de outro sonho

Para recordar, foi assinado em agosto de 2010, na sede da FIESP, em São Paulo, protocolo entre o SESI e a Prefeitura Municipal, para a construção da “Estação Sesi de Cultura”. Durante a reunião o Deputado Estadual Roquinho Barbiere, o então Prefeito Mauro Zorzi, e os Vereadores destacaram a importância da Estação para o município.

A “Estação Sesi Cultura”, foi uma promessa feita ao deputado Roquinho e aos Vereadores pelo presidente da FIESP, Paulo Skaf, quando esteve em Santa Rita para receber o título de Cidadão Santarritense.

Na ocasião, o Deputado Roquinho disse: “A construçãoda Estação Sesi de Cultura em Santa Rita do Passa Quatro irá proporcionar um novo espaço para manifestações culturais na cidade. Os ambientes da Estação poderão ser adaptados para varias formas de eventos”.

Mais uma grande notícia. Foi divulgada no Diário Oficial da União do dia 21 de marco de 2014, a abertura da licitação para a contratação de empresa que executaria as obras da referida Estação Sesi Cultura, a qual foi construída nas proximidades do Sesi, em um terreno de aproximadamente 1500 m2. O orçamento desta obra girou em torno de R$ 2.500.000,00, sendo este o valor mais alto destinado a Estação Cultura no interior paulista. Na ocasião da inauguração da nova unidade do Sesi, Paulo Skaf disse que se empenharia para em breve inaugurar a Estação Cultural Sesi aqui em Santa Rita.

Mais uma vez Paulo Skaf cumpriu o que disse e proporciona alegria para toda população santarritense. Hoje a Estação Sesi de Cultura também é uma realidade.