Santa Rita recebe mais uma campanha de doação de sangue no dia 15 de setembro


Santa Rita do Passa Quatro irá receber no próximo dia 15 de setembro, sábado, mais campanha de doação de sangue e cadastro de medula óssea, A ação faz parte da 12o Maratona Internacional de Doação de Sangue e será realizada em parceria entre Hemocentro Ribeirão Preto e Prefeitura Municipal, através do Departamento de Saúde.

A partir das 7 horas, na EMEF Madre Carmelita, a população terá mais uma oportunidade de fazer uma boa ação, que poderá salvar muitas vidas. A doação poderá ser agendada com antecedência, através do telefone 0800-979-6049, no horário das 8h às 17 horas, de segunda a sexta-feira. De acordo com o Departamento de Saúde, o agendamento visa para melhor as acomodações dos doadores, e poderão ser agendados até 150 voluntários.

Para ser doador é preciso ter idade entre 18 e 67 anos, estar com boa saúde, ter peso igual ou maior que 50kg (homens) ou 51kg (mulheres). Voluntários com idade entre 16 e 18 anos também podem doar, desde que autorizados pelos pais ou responsáveis. Segundo o Hemocentro, não existe risco de contrair uma doença infecciosa doando sangue. Será obrigatório apre-sentar documento oficial com foto, preferencialmente o RG.

O Hemocentro faz uma série de recomendações aos voluntá- rios, entre as quais a de dormir por pelo menos seis horas antes da doação; evitar o jejum, fazendo refeições leves e não gordurosas; evitar uso de bebidas alcoólicas nas últimas 12 horas; não fumar por no mínimo uma hora antes e uma hora após a doação; não praticar exercícios físicos exagerados e atividades perigosas, como subir em locais altos ou dirigir veículos em rodovias. O doador deverá permanecer no local por pelo menos 15 minutos após a doação.

Mais informações sobre a doação ou recomendações podem ser conferidas na página do hemocentro no internet (http://pegasus.fmrp.usp.br/projeto/guiadoad.htm).

A CAMPANHA Santa Rita está entre os municípios atendidos pelo Hemocentro de Ribeirão Preto. Após cada coleta, o sangue é fracionado e colocado a disposição para transfusões já na segunda-feira seguinte. Cada bolsa de 450 ml é dividida em três categorias: hemácias, plasma e plaquetas, distribuídas conforme a necessidade. Segundo o Hemocentro, cada doador pode salvar até três vidas.

O Hemocentro de Ribeirão Preto atende 110 hospitais com uma demanda de 9 mil bolsas por mês. Ao todo, de acordo com a assistente social, são 210 municípios atendidos pela entidade, 33% do Estado de São Paulo. Para suprir esta demanda, são realizadas campanhas em trêsfinais de semana por mês, nasvárias cidades da região de abrangência.