Delegado Responde: Operação da Polícia Civil em Santa Rita


JORNAL O SANTARRITENSE – Dr. Domingos, esta semana a Polícia Civil realizou operação em nossa cidade visando à diminuição da criminalidade. O Dr. poderia nos dizer se o resultado da mesma foi considerado positivo e se alguma pessoa foi presa?

DR. DOMINGOS ANTÔNIO DE MATTOS – A Polícia Civil de Santa Rita, como de outras localidades, mantém um serviço de inteligência onde é realizado monitoramento constante sobre os acontecimentos do município e índices de criminalidade, sempre visando o fornecimento de dados para uma efetiva intervenção. A partir desse monitoramento foram identificados pontos específicos onde estaria ocorrendo ilícito penal, sendo estes vistoriados e os suspeitos identificados. Durante essa ação policial ocorreu à prisão de um procurado da justiça e de uma pessoa envolvida com o tráfico de entorpecente. Ante esses fatos o resultado da ação foi considerado positivo.

J.O.S. – O Dr. poderia falar algo sobre a prisão desse traficante?

DR. DOMINGOS – Na manhã da última quinta-feira, de posse de Mandado de Busca e Apreensão expedido pelo E. Juízo local, Policiais Civis de nossa cidade se dirigiram até uma casa situada na Rua Carlos de Rossi, Jardim Boa Vista, onde o suspeito foi localizado e, ao notar a chegada dos investigadores, correu até o banheiro e apertou a descarga do vaso sanitário. Imediatamente os policiais entraram na casa e conseguiram abordar o suspeito que, dissimuladamente, alegava não ter dispensado nada no vaso sanitário.

Verificando o banheiro, mais precisamente o vaso sanitário, os investigadores observaram uma sacola plástica enroscada na saída do mesmo para a rede de esgoto. Resgatada referida sacola plástica foi verificado que em seu interior estavam 33 eppendorfs contendo cocaína, com peso bruto aproximado de 25 grs. Ainda em diligências pelo interior da casa foram localizados outros 490 eppendorfs novos e vazios, prontos para acondicionar cocaína para venda, além de uma balança de precisão, R$ 290,00 (duzentos e noventa reais) em notas diversas e um caderno com anotações sobre a movimentação do tráfico. Ante esses fatos o suspeito recebeu voz de prisão por tráfico de drogas e, após a lavratura do auto flagrancial, foi apresentado para audiência de custódia, tendo sua prisão preventiva sido decretada e o mesmo encaminhado para a Penitenciária de Araraquara onde deverá aguardar julgamento.

J.O.S. – Muito se fala em eppendorf quando da apreensão de cocaína. O Dr. poderia esclarecer para nossos leitores do que se trata e se a aquisição dos mesmos é permitida?

DR. DOMINGOS - O tubo de Eppendorf, também designado por tubo de microcentrífuga, é um pequeno tubo de plástico (vulgarmente polipropileno) com formato cilíndrico e fundo cónico, com tampa acoplada. O tubo de Eppendorf mais comum é o de 1,5 mL (4 cm)mas existem tubos ainda menores (200 μL), os quais podem suportar temperaturas baixas (−20oC) e solventes orgânicos. Apesar de bastante utilizados na área de Biologia, os tubos de Eppendorf são também utilizados nas áreas de Química e Bioquímica, para armazenar amostras ou para aplicar em microcentrifugadoras. Ou seja, a destinação do referido recipiente, a princípio, é para fins lícitos e por isso sua aquisição é livre, não existindo nenhum impedimento para sua aquisição. Infelizmente o eppendorf foi adaptado para o uso no tráfico de drogas, principalmente para acondicionar cocaína, sendo constante sua apreensão com referida substância entorpecente.