Com a RMRP, Vice-Prefeita Maria Rita visita Ecoparque em Piracicaba


A Vice-Prefeita de Santa Rita do Passa Quatro, Maria Rita Mondin de Oliveira, esteve junto com a comitiva da Região Metropolitana de Ribeirão Preto (RMRP) em visita a Central de Tratamento de Resíduos (CTR), na cidade de Piracicaba, no último dia 23 de fevereiro, sexta-feira.

A visita foi articulada pelo Presidente do Conselho da RMRP, o Prefeito de Ribeirão Preto, Antônio Duarte Nogueira Junior. Além de Santa Rita, estiveram representados, com Prefeitos e Vereadores, os municípios de Sertãozinho, Brodowski, Caruju, Jardinópolis, Orlândia e Santa Cruz da Esperança.

A Vice-Prefeita santarritense esteve acompanhada das funcionárias do Departamento Municipal de Meio Ambiente, Ana Victória Silva, e do Departamento de Assistência Social, Angela Maria Delsin.

O objetivo da visita foi conhecer o projeto pioneiro na área, que atende as exigências do Plano Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), em vigência desde 2010, que proíbe a instalação de novos aterros sanitários. O pioneirismo de Piracicaba na área de gerenciamento de resíduos sólidos atrai cada vez mais visitantes, não só do Estado de São Paulo, como também do Brasil e até de países vizinhos.

Além da coleta de resíduos domésticos, a empresa promove o recolhimento da coleta seletiva (expandida para 100 % da área urbana e planos para a área rural), serviço de recolhimento de inservíveis Cata Cacareco e varrição de vias públicas, sacolões, praças e jardins.

A cidade Piracicaba gera 400 toneladas por dia de resíduos e a Central está apta para tratar e transformar em biogás e CDR (Combustível Derivado de Resí- duo), até 2.000 toneladas de lixo diárias.

Além da questão ambiental, o projeto também gera de emprego e renda. A Piracicaba Ambiental emprega hoje cerca de 800 funcionários, 200 somente no trabalho interno no Ecoparque.