10 curiosidades sobre o Dia Internacional da Mulher


1. A primeira proposta de criar um dia em homenagem às mulheres foi feita pelo Partido Socialista norte-americano em 1909. No ano seguinte, a Internacional Comunista, realizada em Copenhague, decidiu colocar a ideia em prática, já que manifestações pelo direito de voto e fim da discriminação feminina se multiplicavam em todos os países industrializados.

2. Até 1913, nos Estados Unidos, a ocasião era lembrada no último domingo do mês de fevereiro. A data, porém, demorou a ser comemorada de fato: a primeira vez ocorreu em 1910, graças a uma iniciativa da 2a Conferência Internacional das Mulheres, realizada em Copenhague (Dinamarca). O dia 19 de março acabou sendo escolhido para sediar a celebração.

3. O dia 8 de março passou a ser o Dia Internacional dos Direitos da Mulher e pela Paz em 1977, por decisão da Assembleia Geral das NaçõesUnidas. Existem algumas versões para sua escolha. A versão mais conhecida diz que, nessa data, em 1857, 129 operárias de uma fábrica têxtil de Nova York entraram em greve. Além de salário igual ao dos homens, elas reivindicavam a redução da jornada de trabalho, que era de até 16 horas diárias. Os patrões trancaram as operárias e incendiaram a fábrica. Todas as grevistas morreram queimadas.

4. O Dia Internacional da Mulher é feriado nacional na China, Armênia, Rússia, Azer- baijão, Bielorrússia, Bulgária, Casaquistão, Quirguistão, Macedônia, Moldávia, Mongólia, Taijiquistão, Ucrânia, Usbequistão e Vietnã.

5. O primeiro país da Era Moderna a garantir o direito de voto às mulheres foi a Nova Zelândia, em 1893. No mesmo ano, Elizabeth Yates se tornou prefeita de Onehunga, colônia britânica na Nova Zelândia. Ela foi a primeira mulher a exercer esse cargo em terras britânicas.

6. Cerca de 70% das mães com filhos menores de 18 anos trabalham. Em 1975, esse número não chegava aos 47%. Até a segunda metade do século 20, as mulheres que trabalhavam fora de casa eram empregadas domésticas, costureiras, lavadeiras ou operárias, salvas raras exceções.

7. Os dois maiores QIs já registrados pertencem a mulheres. O maior deles é da colunista e escritora americana Marilyn vos Savant, que entrou para o Livro dos Recordes com seu QI de 228 pontos.

8. O primeiro romance dahistória, Genji Monogatari, foipublicado no Japão por volta do ano 1.000 d.C., por Murasaki Shikibu - uma mulher.

Traduzida para dezenas de línguas, a obra é conhecida pela crítica que faz à vida na corte.

9. A primeira mulher a ser eleita para governar um país na Era Moderna foi Sirimavo Bandaranaike, do Sri Lanka. Ela se tornou primeira-ministra da ilha em 1960 e foi reeleita em 1970.

10. Em 2012, 17 países do mundo tinham mulheres como chefes de Estado. Esse número mais do que dobrou desde 2005.

Fonte: guiadoscuriosos.uol.com.br