Policial

[Policial][bsummary]

Cultura

[Cultura][bsummary]

Mulher

[Mulher][bsummary]

Tecnologia

[Tecnologia][twocolumns]

Você pode estar enviando dados pessoais para terceiros pelo Facebook querendo ver como ficaria no gênero oposto


O teste do Facebook “Como Você Seria Se Fosse Do Gênero Oposto” faz com que o usuário entregue para a empresa Kueez, pouco conhecida, os dados pessoais, como nome,imagem do perfil, data de nascimento, todas as suas fotos e imagens do Facebook, lista de amigos, informações de contato, e endereço de e-mail usado para logar na rede social.

O sistema é para atrair usuários e mostrar como a pessoaficaria se fosse do gênero oposto, com imagens bem reais. Para realizar o teste, a empresa solicita que o internauta clique em “Conectar-se ao Facebook” para obter o resultado.

A Kueez transforma essas informações em dinheiro. De acordo com a política de privacidade da empresa, os dados são necessários para “melhorar o site com base em suas preferências e experiências”, “oferecer conteúdos promocionais”, “criar dados estatísticos, modelos comportamentais e tendências”, etc.

A empresa diz ainda que pode compartilhar seus dados “com certos terceiros interessados em lhe fornecer determinados conteúdos promocionais”ou que sua foto de perfil pode aparecer “como parte integrante dos serviços que oferecemos (ou seja, sua imagem aparecerá em certos questionários ou jogos, MESMO para pessoas que você não conhece)”.

Caso o usuário já tenha realizado o teste e quer se resguardar, é preciso ir em“Configurações de Aplicativosdo Facebook” e deletar o app. Além disso, a Kueez disponibiliza uma ferramenta em seu site para remoção de dados pessoais. A empresa do teste pertence ao Yoto Media Group, de Israel. Se surgir algum problema jurídico, será complicado resolver no Brasil.