Delegado Responde - Ocorrências durante o carnaval


JORNAL O SANTARRITENSE - Dr. Domingos, quais foram os acontecimentos que poderiam ser mencionados sobre o período de carnaval?

DR. DOMINGOS ANTÔNIO DE MATTOS - Apesar da tranquilidade nos eventos de carnaval de Santa Rita do Passa Quatro, no plantão policial, foram registrados três ocorrências de tráfico de drogas, uma ocorrência de disparo de arma de fogo, uma morte suspeita na área rural do município e apreensão de munições.

J.O.S. - Dr. Domingos, poderia falar sobre tais acontecimentos?

DR. DOMINGOS - Em atenção aos registros de tráfico de drogas, duas ocorrências envolveram adolescentes em uma delas houve a prisão em flagrante do autor dos fatos.

J.O.S. - Quais os fatos que envolveram os menores?

DR. DOMINGOS - Na primeira ocorrência Policiais Militares desta cidade, já com conhecimento de que o adolescente praticava a traficância, efetuando observações, conseguiram deter um indivíduo logo após ter comprado do mesmo 01 eppendorf de cocaína. Na sequência dos fatos, adentraram à residência do menor e, no local, encontraram as outras drogas que seriam comercializadas, ou seja, 14 eppendorfs da mesma substância. Indagado, referido adolescente, declinou aos milicianos que a substância seria destinada ao tráfico. Na segunda ocorrência, em atendimento à denúncia anônima, Policiais Militares também chegaram à residência de um adolescente com envolvimento na prática deste tipo de crime, sendo que neste local encontraram 20 gramas de “maconha”, 05 gramas de crack” e 17 gramas de “cocaína”.

J.O.S. - Dr. Domingos, quanto aos menores, quais serão os procedimentos adotados?

DR. DOMINGOS - Os fatos foram, de pronto, comunicados ao Juiz da Infância e Juventude de Santa Rita do Passa Quatro, o qual adotará aquilo que for aplicável nos termos do Estatuto da Criança e do Adolescente.

J.O.S. - Dr. Domingos, o senhor também disse que houve flagrante de tráfico de drogas. Como tais fatos ocorreram?

DR. DOMINGOS - Nesta ocorrência, na noite de terça-feira, Policiais Militares em patrulhamento abordaram o suspeito quando este acabara de sair de sua casa. Na oportunidade o suspeito tentou fugir e dispensar a droga que mantinha sob sua posse, porém, foi detido e a droga apreendida, tratando-se de 23 invólucros de maconha com peso bruto aproximado de 19 gramas. Conduzido ao plantão policial de Porto Ferreira, determinei a lavratura de autoflagrancial e o recolhimento do mesmo no Centro de Triagem. Na manhã seguinte o preso foi conduzido à Audiênciade Custódia, nesta Comarca, onde a prisão em flagrante foi convertida em prisão preventiva e o mesmo removido à Penitenciária de Araraquara.

J.O.S. - E quanto aos outros fatos ocorridos?

DR. DOMINGOS - Tivemos uma morte suspeita, onde um morador de uma propriedade rural desta cidade foi encontrado morto em sua casa. No local não havia vestígio de luta corporal, nem mesmo ferimento aparente no cadáver. O corpo foi removido à Santa Casa desta cidade onde o médico plantonista, após avaliação, entendeu pela necessidade de exame toxicológico, sendo então o corpo encaminhado ao IML de São Carlos para os exames necessários. Estamos no aguardo do laudo para análise dos fatos.

J.O.S. - O senhor mencionou também sobre disparos de arma de fogo e apreensão de munições?

DR. DOMINGOS - Sim. Os disparos ocorreram nesta semana, mais precisamente na madrugada do dia 13, sendo que na manhã seguinte a moradora da residência, sito no Parque Lagoinha, nesta cidade, acionou a Polícia Militar em razão de observar marcas no portão de sua garagem semelhantes àqueles produzidos por projéteis de arma de fogo. Ainda segundo a moradora, a mesma escutara barulhos em sua propriedade, mas não atentou se tratar de disparos de arma de fogo. No local, foram encontrados três projéteis, os quais foram arrecadados e encaminhados para a perícia, estando as circunstâncias do fato sendo apuradas pelo Setor de Investigação. Quanto à apreensão de munições, Policiais Militares ao atender a uma denúnciade tráfico de drogas, chegaram a uma moradia no Jardim Boa Vista, nesta cidade, onde após terem a entrada franqueada, encontraram 05 projéteis, aparentemente íntegros e de calibres diversos. Tais projéteis foram encaminhadosà perícia para a verificação da potencialidade ofensiva de cada munição para assim ocorrer a configuração de crime de posse ilegal de munição.