ZPP Meio Ambiente: Aproveite a água das chuvas! O meio ambiente agradece



Você sabia que 1/3 da humanidade sofre com falta de água potável, segundo dados do Greenpeace? Então, que tal repensar suas atitudes e, com pequenas mudanças, especialmente na época de chuvas, fazer a sua parte e ajudar a economizar esse bem natural tão precioso?

Existem várias maneiras de tirar proveito da água que cai do céu. Principalmente neste período do ano, quando o calor aumenta e as pancadas se tornam frequentes, redirecionar a chuva que vem pelas calhas do telhado para pequenos tambores significa economia na conta e preservação do meio ambiente.

Eric Thomas, proprietário do Eco House, aconselha justamente o uso de tambores: “Eles podem ser comprados em ferros-velhos e adaptados, ou prontos em lojas de construção, funcionando como pequenas caixas de água”. Depois, toda essa água pode ser utilizada para lavar roupas e louças, na descarga do vaso sanitário, para lavar carros, entre outras coisas.

Outra alternativa bem mais simples, é a utilização de baldes ou bacias no quintal. “Dessa forma, você pode reservar a água e utilizá-la para pequenas atividades diárias, como regar as plantas ou lavar o quintal”, pontua.

Lembrando que a água de chuva não deve ser usada para beber, tomar banho, fazer lavagem, nem cozimento de alimentos, uma vez que não é potável.

Quer conhecer outras medidas para economizar água? Confira!

Em vez de lavar a calçada com a mangueira – hábito comum entre os brasileiros e que traz grandes prejuízos, já que, em 15 minutos, são perdidos 279 litros de água – prefira acabar com a sujeira em dias de chuva. Vista sua galocha, sua capa e, enquanto a água desce do céu, limpe a calçada. Ou, então, se preferir, reaproveite a água das máquinas de lavar roupa e louça para limpar a calçada.

Um banho dura, em média, 15 minutos. Com o registro aberto, consome, portanto, cerca de 243 litros de água. Se você fechar o registro ao se ensaboar e reduzir o tempo para 5 minutos, o consumo cai para 81 litros!

Ao escovar os dentes com a torneira não muito aberta por 5 minutos, desperdiçamos 80 litros de água. Que tal então molhar a escova e fechar a torneira para reduzir o consumo para 18 litros?

Ao lavar a louça da pia com a torneira meio aberta por 15 minutos, lá se vão 117 litros de água. A dica é esperar a louça acumular, deixá-la de molho antes de lavar e, enquanto ensaboa, fechar a torneira.

Para ajudar na economia de água no dia a dia em casa, escolha torneiras e descargas economizadoras. “Dependendo do produto, ele reduz em até 70% o consumo de água”, explica Fernanda Prado, gerente de marketing da Docol.

Lavando o carro por 30 minutos com a mangueira não muito aberta, o gasto é de 216 litros de água. Com meia volta de abertura, o gasto sobe para 560 litros. Pre ra limpar seu carro com balde e panos úmidos.

Con ra se não há vazamentos em canos e nunca deixe torneiras pingando. Um gotejamento simples pode gastar cerca de 45 litros de água por dia.

Não jogue óleo de fritura pelo ralo da pia. Além de correr o risco de entupir o encanamento da sua residência, essa prática polui os rios e dificulta o tratamento da água.

Use a descarga no vaso sanitário apenas o necessário e mantenha a válvula sempre regulada.

Utilize o regador no lugar da mangueira para regar as plantas.

Trate a água das piscinas para não precisar trocá-la com frequência. Outra dica é cobrir a piscina com lona enquanto estiver fora de uso para evitar evaporação e consequente reposição de água.

Coloque sistemas de controle de fluxo de água (aeradores) no bico das torneiras.

Por fim, deixe um lembrete para todos de casa sobre a importância da economia de água nos banheiros e cozinhas.