Notícias da Estrela



FUTEBOL I - Anda bem devagar aqui no Distrito, a crise, a mudança de atitude da juventude, tudo isto tem colaborado para a dificuldade de tocar o esporte bretão em nosso Estádio Julio Gonçalves de Campos.

COMASA - Estamos preocupados com o nosso serviço de água, este mês de setembro, foi complicado aqui no Distrito. Esperamos que possamos confiar mais nos serviços aqui prestados, tivemos carro de som falando dos problemas existentes, mas a mão-de-obra mesmo deixou a desejar quanto à eficácia, e à agilidade de sanar com tempo hábil as anormalidades. Matéria gravada é uma coisa, o contato presente com a comunidade é outro. As informações foram muito desencontradas e imprecisas. O que nos aborreceram muito. Esperamos que isto venha melhorar. Comento por que tivemos um belo exemplo da COMGÁS, que eliminou um vazamento, em lugar difícil, com 15 dias de serviço de uma equipe com carros, máquinas e muita gente, sem que o fornecimento de gás fosse afetado, tanto que as empresas que usam o produto nem souberam do grande serviço que estava sendo executado. E olha que foram trocados quase 10 metros de tubos, de aproximadamente 6 polegadas.

Coisas a pensar e planejar.

FESTA DE COSME DAMIÃO - Mais uma vez foi muito concorrida a festa criada pela nossa querida Dona Dulce, e hoje mantida pelos filhos, encabeçado pelo Dan Dan. A presença sempre maciça da comunidade, não só Estrelense, mas também das cidades vizinhas. Uma foto em frente de um altar improvisado, no recinto, trouxe muita comoção aos que a conheceram, e que muitas vezes recorreram a ELA. Isto aguçou mais uma vez o desejo de que a sua casa seja tombada como patrimônio histórico, que na realidade é, pois além dela ser uma personalidade de nossa cidade, naquela casa morou um dos fundadores do Distrito, José Ferreira de Resende. Portanto merece sim ser um marco a ser preservado. Já que a casa do Compositor Zequinha de Abreu aqui no Distrito foi derrubada, em vez de ser tombada como monumento, o mesmo está acontecendo com o prédio da delegacia, mais um monumento que está se perdendo no tempo.

NOSSOS MONUMENTOS HISTÓRICOS E PONTOS TURÍSTICOS DA ESTRELA – Locais que precisavam ser preservados, vou dizer alguns e creiam, existem muitos outros ainda principalmente a serem pesquisados.

1 - Cemitério com seus túmulos antigos, centenários, incluindo:

I- O TÚMULO do fundador, José Ferreira de Resende feito de granito.

II - O TÚMULO da Dona Dulce Rodrigues de Campos, que houve até uma sugestão para virar Capela. 

III – OS TÚMULOS da filha mais nova do Zequinha de Abreu, Dona Dirce e seu filho Denis.

2 - A CASA DA FAMÍLIA PISTORI - A linda casa preservada e com histórias, da família Pistori.

3 - A CASA DA DULCE ESCOBAR- aqui morou esta culta personalidade de nossa cidade.

4 - A NOSSA IGREJA - NOSSA SENHORA DAS DORES, onde casou o nosso ícone ZEQUINHA DE ABREU (que dizem hoje ser Capela), mas que para nós Estrelense será sempre a nossa Matriz.

5 - O CRUZEIRO que andou pela nosso distrito, passando por três lugares e hoje está em frente ao cemitério. Tem histórias este marco.

6 - A SENZALA - que existe na fazenda NOVA ERA e suas historias. Propriedade particular.

7 - A FRONDOSA ÁRVORE DA NOIVA - na saída da Estrela e sua história.

8- RIO CLARINHO – um ponto de desenvolvimento de nossa cidade e também frequentado pelo santarritense famoso no mundo sertanejo ZÉ CARREIRO.

9 - O MATADOURO – na entrada do Distrito, mais um prédio a ser preservado incluindo ganhar uma pintura adequada.

10 - O CORETO DA PRAÇA - onde muitas histórias são contadas.

REFLEXÃO: - Fica aí para reflexão para nossas autoridades, para o departamento de cultura e princi- palmente turismo.

Esta semana tive contato com ouvintes do meu PROGRAMA ZITO SILVERIO, lá do México, expressando a minha solidariedade com o momento que atravessam, e recebi várias mensagens incluindo o interesse de alguns turistas, que demonstraram o desejo assim que tudo normalizar, de virem conhecer a nossa cidade, o nosso distrito.

Sempre tenho o prazer de receber visitas que se encantam com o nosso recanto, bem mais faria se tivesse recurso e apoio. Mas vamos em frente a nal AMAMOS ESTE NOSSO RINCÃO.