ZPP Meio Ambiente: O Rock in Rio tem um projeto que busca plantar quatro milhões de árvores na Amazônia


O Rock in Rio quer ser mais do que apenas um festival de música. Aproveitando a edição 2017 do evento, que terá entre suas grandes atrações Lady Gaga, The Who, Guns N' Roses e Aerosmith, o evento anuncia o Amazonia Live, um projeto socioambiental que estará presente em todos os eventos do festival até 2019.

O projeto começou em abril de 2016, contando com um show em agosto em um palco flutuante no Rio Negro, no meio da floresta amazônica, feito para chamar a atenção das pessoas para as questões ambientais. A partir dali, o Rock in Rio, junto com seus parceiros Banco Mundial, Universidade Estácio de Sá, Conservação Nacional, Banco Itaú, Manaus Luz, Manal Ambiental e a Gol, buscam um plantio de 2,9 milhões de árvores na região do Xingu.

O Rock in Rio doou um milhão de árvores para o local, para reflorestar 400 hectares de floresta perdidos com o passar dos anos. A meta do projeto é alcançar quatro milhões de árvores, e com isso, conta com a participação do público, que irá conhecer mais sobre o projeto no festival. Para fazer sua parte, basta acessar o site do Amazonia Live (www.amazonialive.com.br) e contribuir, com o valor de R$4,50 + R$1 de taxa.

O Santarritense estará presente no Rock in Rio 2017, acompanhando de perto um dos maiores festivais de música do planeta. Fique atento para acompanhar todas as novidades do maior festival de música do mundo a partir do dia 17 de setembro.