Cidade

[Cidade][bsummary]

Policial

[Policial][bsummary]

Mulher

[Mulher][bsummary]

Eventos

[Eventos][twocolumns]

Pensando Bem: Fé para quem precisa



Como vai sua fé? Não me refiro a religião, mas a fé. Como está sua fé?

Acredite. Há muita gente perdendo a fé. Já não crê, não tem expectativas. Tanto faz quanto fez. Os dias passam e a única coisa concreta são páginas de um calendário, arrancadas mês a mês. O tempo voa e nós também.

Fé no que se vê.

Cresce o número de pessoas que afirmam crer em si mesmas e ponto. Nada de Deus ou instituições ditas “espirituais”. O que importa é o concreto, o que pode ser mensurado, ensacado, envelopado, provado pelos sentidos. Nada mais. Para tais a fé é apenas uma forma de enganar-se a si mesmo. Um narcótico. Um tipo de “passatempo”. Nada mais.

O que me espanta é que este número cresce exatamente entre os que diziam ter fé. Não há como negar que existe muito comércio em torno da religião. Péssimos exemplos entre seus líderes. Por outro lado, temos a ciência que avança com o desenvolvimento tecnológico e a crença na potencialidade humana de se reinventar vai superando obstáculos e levando a humanidade a construir seu próprio destino.

Fé para quem?

Para quem precisa. Sim, para os que têm na fé seu único recurso, ou seja: quem já tentou de tudo para tirar um lho das drogas. Quem está lutando contra um câncer. Quem acabou de perder seu principal ente querido. Que foi despedido depois de quinze anos servindo a mesma empresa. Sim, fé é para essas horas e para essas pessoas. Para quem está na sala de espera de uma cirurgia de alta complexidade. Para quem chegou em casa e constatou que houve um furto e quase tudo foi levado. Para o que está prestes a amputar um dos membros do corpo devido a um acidente automobilístico. Sim, fé é para essas horas. Para quem viu a pessoa amada ir embora sem alguma razão aparente. Sim, fé é para essas pessoas e para essas horas.

Fé para quem precisa.

Deus não é objeto da loso a. “Visto que, na sabedoria de Deus, o mundo não o conheceu por meio da sabedoria humana, agradou a Deus salvar aqueles que crêem por meio da loucura da pregação” (1a Coríntios 1:21).

Sim, os que creem não estão, como muitos presumem, “aquém do saber”. A sabedoria humana é muito limitada em questões espirituais e cega quando o assunto é Deus e sua vontade. “Porque, tendo conhecido a Deus, não o glorificaram como Deus, nem lhe renderam graças, mas os seus pensamentos tornaram-se fúteis e os seus corações insensatos se obscureceram. Dizendo-se sábios, tornaram-se loucos” (Romanos 1:21,22).

As revelações que Deus faz de si mesmo na Bíblia, podem parecer loucura para os sábios e espertalhões. Da mesma forma, tentar negar a existência de Deus, constitui-se pura insensatez. “A fé, não é de todos” (2a Tessalonicenses 3:1). É de quem precisa.

Pensando bem, precisa da fé quem entende que não pode prosseguir sozinho. Quem sofre em sua consciência. Para quem se entende devedor à vida, à saúde, à natureza ao seu redor, à seu semelhante e à Deus. Fé é para esses. É para quem precisa.

sergiomarcosmevec@gmail.com