Policial

[Policial][bsummary]

Cultura

[Cultura][bsummary]

Mulher

[Mulher][bsummary]

Tecnologia

[Tecnologia][twocolumns]

Pensando Bem: Crescendo em meio às provações



Dias de tribulação são comuns a todos. Viver é ser atribulado. A sociedade vê a tribulação como sendo sempre ruim e procura desenvolver mecanismos para aprendermos a fugir delas ou minimizar seus efeitos.

A Bíblia ensina que a tribulação é uma das formas de crescermos. Talvez não seja a mais agradável, mas com certeza é a mais eficaz.

Há uma diferença entre o conceito bíblico e o conceito kardecista com respeito às tribulações. O kardecismo, da mesma forma, ensina que as provações são uma forma de “crescimento” no entanto, “crescimento” na doutrina espírita é sinônimo de “purgação”, ou seja: um tipo de punição por erros de vidas passadas. O sofrimento é visto como forma de purificação.

Segundo os Quatro Evangelhos contidos no Novo Testamento, o sofrimento de Cristo é todo suficiente para cobrir os pecados de todos os que se achegarem a ele em fé. “Pois também Cristo morreu, uma única vez, pelos pecados, o justo pelos injustos, para conduzir-vos a Deus”, diz São Pedro (1a Pd 3:18). Isso porque “está determinado que os homens morram só uma vez, e depois disso vem o julgamento” (Hb 9:27). E Jesus acrescenta: “Quem ouve as minhas palavras e crê naquele que me enviou, tem a vida eterna, não entrará em condenação, pois passou da morte para a vida” (João 5:24).

Se as provações não são para nos fazer pagar por erros cometidos, pergunto: com que propósito Deus permite as tribulações?

Corrigir nossa rota


“Antes de ser a igido, andava errado, mas agora guardo a tua palavra”, diz o salmista. (Salmo 119:67 - RA)”.

Muitas das tribulações que nos sobrevêm visam nos colocar de volta no caminho estreito, para a glória de Deus. Facilmente nos desviamos de propósitos nobres para outros egoísticos, mesquinhos, infantis. Muitas das tribulações que enfrentamos são uma das maneiras de Deus nos manobrar, trazendo-nos de volta ao caminho certo.

Levar-nos para o centro de sua vontade


“Ó Deus, tu nos puseste à prova. Como a prata é provada pelo fogo, assim nos provaste. Tu nos deixaste cair numa armadilha e colocaste cargas pesadas nas nossas costas. Deixaste que os nossos inimigos nos pisassem. Passamos pelo fogo e pela água, mas agora nos trouxeste para um lugar seguro”. (Salmo 66: 10 à 12- NTLH)

Quando nascemos, Deus já tem um plano perfeito para nós. Se estivermos obstinados em conhecer ou permanecer na vontade de Deus para nós, será preciso um tratamento de choque para nos colocar no lugar que ele nos preparou para Sua glória.

Revelar sua paz e seu perdão


“Eis que foi para minha paz que tive eu grande amargura; tu, porém, amaste a minha alma e a livraste da cova da corrupção, porque lançaste para trás de ti todos os meus pecados”, disse o Rei Ezequias. (Isaías 38:17-RA)

Algumas vezes somos levados por vales escuros para que possamos valorizar o amor e o perdão de Deus, para Sua glória. Você já deve ter pensado: - onde estava com a cabeça quando diz tamanha besteira!? Muitos de nossos erros são permitidos por Deus para que possamos sentir o quão pecadores somos e assim usufruir do amor PERDOADOR de Deus em Jesus Cristo.

Aperfeiçoar nosso caráter


“Meus irmãos, tende por motivo de toda alegria o passardes por várias provações, sabendo que a provação da vossa fé, uma vez con rmada, produz perseverança. Ora, a perseverança deve ter ação completa, para que sejais perfeitos e íntegros, em nada de cientes” (Tiago 1:2 à 4) .

Adão foi criado à imagem e semelhança de Deus, mas seus descendentes já nasceram de acordo com sua imagem de pecador (de Adão – Genesis 5:3). Trazemos traços de caráter diferentes uns dos outros, mas todos nós com deformações perversas. A tribulação pode ser considerada como um upgrade, uma reciclagem, uma transformação, uma otimização de nosso caráter, para a glória de Deus.

Nos abençoar duplamente mais


“Mudou o SENHOR a sorte de Jó, quando este orava pelos seus amigos; e o SENHOR deu-lhe o dobro de tudo o que antes possuíra. Então, vieram a ele todos os seus irmãos, e todas as suas irmãs, e todos quantos dantes o conheceram, e comeram com ele em sua casa, e se condoeram dele, e o consolaram de todo o mal que o SENHOR lhe havia enviado; cada um lhe deu dinheiro e um anel de ouro. (Jó 42:10,11)

Nunca duvide disso: ninguém te ama e quer mais o teu bem do que DEUS, o teu Criador. Até mesmo os momentos mais difíceis são permitidos para te abençoar.

Pensando bem...


As tribulações da vida não são benéficas ou maléficas. Tudo depende de nossa reação, pois o desejo de Deus sempre será o melhor para o nosso bem. “Feliz é aquele que nas aflições continua fiel! Porque, depois de sair aprovado dessas a ições, receberá como prêmio a vida que Deus promete aos que o amam” ( Tg 1:12 Bíblia NTLH)

Hoje é dia de consolação. Há benção agora mesmo, onde você está. Deus está aliviando tuas cargas, enxugando tuas lágrimas, diminuindo tua dor. Aceite a vontade de Deus para sua vida. DEIXE DEUS SER DEUS EM SUA HISTÓRIA. Não feche seu coração à Jesus. “O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã” (Sl 30:5).

(Resumo da mensagem proferida pelo pastor SÉRGIO MARCOS do púlpito da igreja “Vida em Cristo” no último domingo, dia 13 de Agosto de 2017).

sergiomarcosmevec@gmail.com - ENTRE EM CONTATO