Notícias da Estrela



FUTEBOL I – Continuam os treinos no sábado de manhã no Estádio Julio Gonçalves de Campos, sob o comando do Futebol Nota 10. Com início às 8h00 da manhã, aberto para toda a garotada, uma festa esportiva acontece todos os sábados. Não há limite de participantes, nem de idade, sexo, etc.. Todos têm o seu espaço preservado e são tratados com todo carinho pela Mara e pelo Japão na prática esportiva, completando após com lanches e brincadeiras na quadra sob o comando de mais uma equipe de monitores super acolhedores e carinhosos.

FUTEBOL II – No mesmo sábado a equipe do Futebol Nota 10 também reserva um espaço para os demais participantes, também sem limites de quantidade, de idade etc.. E também ao final do encontro esportivo uma prova instrutiva também regada a muita alegria e lanches. Você é nosso convidado.

FUTEBOL III – No sábado à tarde, o espaço fica reservado para os veteranos, ou o time do Marcio.

FUTEBOL IV – Domingo à tarde a prática esportiva ca a cargo do Estrela FC sob o comando do Tonho Vilas Boas, completando o já tradicional domingo esportivo da ESTRELA.

ABERTURA DOS JOGUINHOS DE INTEGRAÇÃO – Ocorreu na última terça-feira à noite em Santa Rita, com a presença das autoridades e des les das escolas e atletas participantes. Os alunos da Estrela tiveram participação marcante já que o nosso atleta Glauber, foi o escolhido para dar a volta olímpica com a tocha e após acender a Pira Olímpica. Aliás, o que o menino fez muito bem, recebendo muitos aplausos pelo seu belo desempenho. Os jogos tiveram início naquela noite mesmo, e o pessoal da Estrela entrará na quadra no dia 3 de novembro, nas disputadas das modalidades de futsal mini-ciclo e queimada. Os treinamentos das equipes nas duas modalidades estão a cargo do ZITO e da JADE, com apoio de todo o corpo docente da EMEF João Baptista da Rocha Correa.

REFLEXÃO - Horário de Verão, até as nossas re exões estão assim, meio que sem serem refletidas. O calor está causando uma mudança não só no horário do dia, mas também no comportamento das pessoas. Aos treinos das crianças demos uma parada para ajustar o horário, não os expondo assim a uma temperatura que será prejudicial à prática esportiva. Pois vale mais a preservação de nossos pequenos que a ambição de vitória, pois a nossa missiva é o esporte como valorização da parte social e do espírito fraternal de competição. Lutar pra vencer sim, mas com respeito, dignidade e lealdade. Este nosso trabalho com as crianças visa à participação do grupo como um todo, e do adversário como um parceiro para a prática do esporte, em que cada um lutará pela sua equipe, mas não como inimigos e sim parceiros de um espetáculo. Tanto que as nossas conversas com eles, frisa que hoje defendemos as cores do nosso colégio e que amanhã poderemos estar lutando junto com aqueles dos outros colégios, como amigos em outra competição da vida. Vamos lutar para sermos aplaudidos e também vamos aplaudir.

E assim esperamos que sejam todos os competidores, pois nós instrutores desta juventude, estamos preparando os futuros condutores do nosso País.

E como eu pregava em minhas aulas de KARATÊ, não estamos fazendo todos campeões esportivos, mas pretendemos fazer sim todos campeões de cidadania.

Quem sabe agindo assim possamos levar à futura geração a alegria que vivemos. Quando em nossa época de crianças frequentávamos os Estádios esportivos com nossos pais, em qualquer jogo decisivo de qualquer cidade e campeonato sabendo que íamos ver uma partida esportiva e não um ato de selvageria, covardia e insegurança como hoje vigora.

VIVA TODA A GAROTADA DOS JOGUINHOS.