Confira como foi o 55o Festival Zequinha de Abreu


Nossa cidade ficou mais musical na semana passada, quando aconteceu o 55o Festival Zequinha de Abreu. O evento encerrado no último domingo, com o tradicional desfile de bandas, contou com apresentações musicais de peso todas as noites na Praça Poeta Mário Mattoso (da Estação).

A programação do domingo começou cedo, com o 13o Campeonato Paulista de Fanfarras e Bandas, promovido em conjunto com a Federação das Fanfarras e Bandas do Estado de São Paulo (FFABESP). Chamado de Paulistão 2016, o concurso começou na Praça da Estação e terminou com des le pela Severino Meirelles, com bandas e fanfarras de vários municípios dos estados de São Paulo e Minas Gerais.

O sábado a noite também foi especial, com o show do grupo Choro das Três, (parceira com o SESC-SP, divisão de São Carlos). O grupo formado por pai e lhas veio de turnê nos Estado Unidos para nossa cidade, onde apresentou músicas autorais e obras de Zequinha de Abreu. Na abertura da noite, o projeto Tico-tico no Fubá apresentou a peça “Polegar e Seus Amigos II”.


A noite de sexta-feira trouxe o Projeto Construindo o Amanhã, do CAIC, o Coral Octavio Bueno de Camargo e terminou com mais um magnífica apresentação da Banda Zequinha de Abreu.

Alunos EMEF Madre Carmelita se apresentaram na quinta-feira, antecedendo o show o Grupo Rabo de Gato, com seu repertório de músicas autorais e muitas obras de Zequinha de Abreu.

A programação de quarta-feira, começou emocionando, como Coral Professor Alencar Villela, da APAE Santa Rita, e o show do Trio Eira, (atração da Abaçaí), que se apresentou com o quarteto, incluindo além de temas instrumentais, canções na nossa MPB.

Terça-feira, a primeira noite de apresentações na Praça, começou como o Instituto das Filhas de São José e Colégio Artes e Letras. Depois os “Filhos da Cidade” reuniu no palco os grupos Pintinhos no Terreiro e Brecando na subida.



No primeiro dia, a programação começou com homenagem no busto de Zequinha de Abreu, com presença de Dona Leila de Abreu, neta do compositor e autoridades locais. A manhã foi animada pelo grupo de choro Brecando na Subida.

O 55o Festival Zequinha de Abreu foi organizado pelo Departamento Municipal de Esportes, Cultura e Turismo, com apoio do SESC-SP (divisão de São Carlos) e Abaçaí (Secretaria de Estado da Cultura).