Santa Rita marcou presença nas manifestações contra o governo federal



Nossa cidade também registrou aumento de participantes em manifestações contra Dilma e PT. Com concentração na Praça Poeta Mário Mattoso, dezenas de pessoas marcaram presença pedindo a saída de Dilma e do PT e demonstrando apoio ao Juiz Federal Sergio Moro.

Após a execução do Hino Nacional, Cristina Mendes, que foi uma das organizadoras, falou sobre a manifestação pacífica e em seguida os participantes foram em passeata e carreata pelas ruas centrais de nossa cidade. Tudo dentro de um clima de harmonia, mais uma vez a manifestação em Santa Rita foi exemplar.

Manifestações se espalharam pelo País
O Brasil teve, no último domingo (13), a maior manifestação contra a presidente Dilma Rousseff, seu governo e o seu partido, o PT. Todos os 26 Estados e o Distrito Federal registraram protestos, e os atos reuniram mais de 3 milhões de pessoas em todo o país, segundo estimativas da PM (Polícia Militar). Somente em São Paulo, foram à avenida Paulista 500 mil pessoas, conforme apurou o Datafolha.

A Secretaria de Segurança Pública do Estado estimou em 1,8 milhão de manifestantes em todo o Estado de São Paulo sendo 1,4 milhão só na capital. O Datafolha calculou em 500 mil o número de manifestantes, o que faz do ato o maior já registrado na cidade, superando inclusive a manifestação das Diretas Já em 1984, que reuniu 400 mil. Em 15 de março do ano passado, dois milhões de pessoas foram às ruas em todos os Estados e no DF. Em abril e agosto os protestos contra o governo perderam força, e os atos daqueles meses registraram público de 590 mil e 795 mil pessoas em todo o país, ainda segundo estimativas da PM nos Estados.

Os protestos deste 13 de março pediram o impeachment de Dilma e a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, investigado pela Operação Lava Jato. Em nota, o Planalto destacou o "caráter pacífico das manifestações".