Felipe e Alan representaram a região na Paralimpíadas Escolares no maior evento da América Latina


Santa Rita do Passa Quatro esta sendo representada nas Paralimpíadas Escolares 2012, o maior evento do gênero da América Latina, promovido pelo Comitê Paralímpico Brasileiro em parceria com o Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria do Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência e pela Prefeitura Municipal de São Paulo.

A abertura oficial das Paralimpíadas Escolares ocorreu na noite de terça-feira (16), no Centro de Exposições Anhembi, em São Paulo. A competição deste ano terá a participação de 1.200 estudantes que representam 24 estados e o Distrito Federal, somando 1966 profissionais.

A cerimônia contou com a participação do Governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, da Secretária de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Dra. Linamara Rizzo Battistella, do Presidente do Comitê Paralímpico Brasileiro, Andrew Parsons e do Secretário Nacional de Esporte de Alto Rendimento do Ministério do Esporte, Ricardo Leyser. A apresentação da cerimônia ficou a cargo de Kelly Key, sob o som da Banda América, com integrantes cegos. Ao final do evento, a banda “teen” Fresno animou a abertura das Paralimpíadas Escolares, que recebeu em troca a animação e alegria juvenil dos atletas do paradesporto, que deram o tom de alegria à festa.

O evento que encerrou no dia de ontem, sexta-feira, 19, e a região de Ribeirão Preto esteve representada por atletas de Franca, Bebedouro e Santa Rita do Passa Quatro.

Os participantes dessa edição da Paralimpíadas são alunos com deficiência física, visual ou intelectual, com idades entre 12 e 19 anos, matriculados em escolas do ensino fundamental, médio ou especial, que disputaram nas modalidades tênis em cadeira de rodas, voleibol sentado, atletismo, futebol para cegos, futebol para paralisados cerebrais, judô, goalball, bocha, natação e tênis de mesa.

Santa Rita do Passa Quatro foi representada pelos atletas Felipe Caltran Vila Real, aluno do Centro Educacional Zequinha de Abreu e Alan Augusto da Silva Santos, aluno da Escola Estadual Professora Ignês Giaretta Sguerra, participaram das provas de natação.

As Paralimpíadas Escolares buscam revelar novos valores e possíveis atletas para representar o Brasil nas Paralimpíadas de 2016. Para a Secretária de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo, Dra. Linamara Rizzo Battistella, “as Paralimpíadas Escolares, em São Paulo, vão deixar um legado importante e difundir o conhecimento necessário para a prática paradesportiva no ambiente escolar”. 

Em meio a efusivos aplausos, a anfitriã da noite destacou: “É uma grande alegria recebê-los. O Brasil brilhou nas Paralimpíadas de Londres, encheu de orgulho o coração de todos os brasileiros, sejam muito bem-vindos. São Paulo os acolhe de braços abertos!”