Cidade

[Cidade][bsummary]

Policial

[Policial][bsummary]

Mulher

[Mulher][bsummary]

Eventos

[Eventos][twocolumns]

Mais de 7,4 mil pessoas foram vacinadas contra gripe no município



A campanha de vacinação contra a gripe atendeu 7440 pessoas em Santa Rita do Passa Quatro. Iniciada no dia 17 abril, a campanha, prorrogada, seguiu até dia 23 de junho, com preferência para os diferentes grupos de risco. De acordo com balanço do Centro de Saúde II, em mais da metade dos grupos a meta foi superada, mas houve baixa procura em outros.

A meta foi atingida para os idosos, com 89% de vacinados. De uma estimativa de 4897, foram atendidas 4389 pessoas com idade superior a 60 anos. Outro grupo dentro da meta foi dos trabalhadores da saúde, com estimativa de 881 pessoas, 856 receberam a dose da vacina, totalizando também 89%. O grupo de pessoas com comorbidades (doenças crônicas) superou até a estimativa de pacientes, que era 1336, mas 1377 foram vacinados, somando 103% de abrangência.

Dos grupos com baixa procura, o menor índice foi das crianças (entre 6 meses e 5 anos), com procura de 40%, ou 540 das 1228 esperadas. Gestantes e puéperas (mulher que deu a luz recentemente), totalizaram 55% cada grupo. A estimativa para gestantes era de 208 mulheres e foram vacinadas 114, no outro grupo, de 34, foram atendidas 19. A campanha de 2017 se completou com mais um grupo, o dos professores, no qual 145 pro ssionais foram imunizados, neste grupo não foi de nida uma estima- tiva para atendimentos.

Mesmo com o m da campanha, alguns grupos como idosos, ainda podem ser vacinados, para isso basta procurar o Centro de Saúde II (Rua Inácio Ribeiro, Centro), de segunda a sexta-feira, no horário das 8h às 12h e das 13h às 17 horas. Crianças a partir dos 6 meses, que vacinadas pela primeira vez, ainda devem tomar a segunda dose.

A campanha teve como objetivo de conter o avanço da doença no inverno, quando as baixas temperaturas ampliam a circulação dos vírus causadores de doenças respiratórias. Após a vacinação, o organismo leva 15 dias para gerar os anticorpos contra a enfermidade.

De acordo com o Ministério da Saúde, a vacina protege contra os três subtipos do vírus da gripe que mais circularam no país: A/H1N1; A/H3N2 e influenza B. Ainda segundo o ministério, 60 milhões de doses de vacinas foram adquiridas, das quais 21,1 milhões de doses já foram distribuídas aos estados.

Os grupos prioritários devem se vacinar todos os anos, já que a imunidade contra os vírus cai progressivamente. Além disso, o vírus da gripe passa por mutações frequentes.