Cidade

[Cidade][bsummary]

Policial

[Policial][bsummary]

Mulher

[Mulher][bsummary]

Eventos

[Eventos][twocolumns]

Auxílio Transporte Universitário: Departamento de Educação abre inscrições para novos cadastros



O Departamento Municipal de Educação está abrindo novas inscrições para estudantes de Santa Rita interessados em participar do Programa Bolsa Transporte Universitário. O objetivo do programa é possibilitar o pagamento parcial do serviço de transporte de estudantes do município, que frequentem cursos superiores, presenciais, em cidades dentro de um raio de 100 quilômetros.

Para ter direito ao benefício, o estudante deverá estar regularmente matriculado em curso superior, desde que não esteja já recebendo auxílio de outras fontes para o mesmo motivo.

Os candidatos ao benefício devem apresentar a documentação exigida, no período de 13 a 17 de fevereiro, na sede do Departamento Municipal de Educação (Av. Severino Meirelles, no 1230, Centro), no horário das 13h às 16 horas.

Os documentos exigidos são: comprovante de matrícula em curso superior presencial, recibo da empresa ou instituição que oferece o transporte (comprovando a viagem), comprovante de residência e cópias de CPF e RG do estudante. O candidato também deverá preencher um requerimento fornecido no Departamento de Educação.

O valor da bolsa-auxílio, a ser concedida a cada estudante, será definido em decreto do Executivo Municipal, de acordo com o número de estudantes beneficiados.

ESTUDANTES JÁ INSCRITOS

Os estudantes já beneficiados pelo programa desde 2015, também devem procurar o Departamento de Educação para fazer o recadastramento. Para estes, serão exigidos apenas o comprovante de matrícula e recibo da empresa ou instituição que oferece o transporte (comprovando a viagem).

O PROGRAMA

O Programa Bolsa Transporte Universitário foi criado através da Lei Municipal No 3.221, com objetivo de possibilitar o pagamento parcial do serviço de transporte de estudantes do município, que frequentem cursos superiores, presenciais, em cidades dentro de um raio de 100 quilômetros.

Tem direito ao benefício, o estudante regularmente matriculado em curso superior, que não esteja já recebendo auxílio de outras fontes para o mesmo motivo. O valor da bolsa-auxílio, a ser concedido a cada estudante é definido em decreto do Executivo Municipal, de acordo com o número de beneficiados.

Em vigor desde 2015, uma Lei Municipal foi aprovada, facilitando o acesso ao benefício pelos estudantes, que agora podem comprovar semestralmente, não mais mensalmente, a matrícula no curso em que frequenta. A comprovação de despesas com o transporte agora pode ser feita bimestralmente.