Cidade

[Cidade][bsummary]

Policial

[Policial][bsummary]

Mulher

[Mulher][bsummary]

Eventos

[Eventos][twocolumns]

Comerciante é vítima de falso fiscal de renda



Segundo consta, dia 21 de novembro, por volta de 13h50, um indivíduo desconhecido entrou em um estabelecimento comercial que ca no Centro de nossa cidade, o qual se identificou como fiscal de rendas, solicitando os documentos da empresa, tendo a proprietária do local apresentado o talão de notas da loja.

O mesmo homem pediu dados bancários, e a comerciante apresentou um talão de cheques. O homem disse que as informações seriam necessárias para a implantação da Nota Fiscal Eletrônica no estabelecimento, tendo ainda preenchido um formulário que foi assinado pela dona da loja, documento este que seria para o envio de dois cartões relativos a nota fiscal eletrônica.

Posteriormente a mulher foi comunicada pela agência bancária que um cheque da sua empresa havia dado entrada para compensação, e ela então disse que não havia emitido tal cheque, providenciando assim a sustação de todo talão, como medida de cautela. No outro dia a comerciante constatou que dois cheques que ela não tinha preenchido haviam sido compensados, no total de quase 3 mil reais.